ANALÓGICODIGITAL: 17 ANOS DE TRABALHO SUJO

, por Alexandre Matias

E quando você menos espera, do nada, pinta aquela festa clássica na Trackers em que o Trabalho Sujo e o Veneno Soundsystem juntam forças para criar uma dimensão paralela de delírio sensual arco-íris de prazer e muita acabação feliz.

Desta vez o motivo da festa são os dezessete anos do meio de comunicação de ALEXANDRE MATIAS, que segura a pista digital com uma proposta épica: contar a história da música pop desde a metade do século passado até novembro de 2012 em ordem cronológica. Para isso, ele convocou os novos residentes das Noites Trabalho Sujo BABEE LEAL, LUIZ PATTOLI e DANILO CABRAL para essa maratona histórica. Quem viver, verá!

Do lado analógico, o trio MAURÍCIO FLEURY, RONALDO EVANGELISTA e PEBA TROPIKAL – bastiões dos grooves em vinil desde antes da volta do vinil virar moda – tem dupla participação especial. Pra começar, paulistano radicado em Belim GARRINCHA, especializado no suíngue tropical, traz suas bolachas pra mostrar pra gente como é que ele defende a bossa brasileira na Europa. E o crooner BRUNO MORAIS mostra sua coleção de discos num set cheio de manha.

Um sábado com tudo para ser ÉPICO!

ANALÓGICODIGITAL
SÁBADO 10 DE NOVEMBRO DE 2012
VENENO + TRABALHO SUJO (17 anos)
No som os DJs: Maurício Fleury, Ronaldo Evangelista, Peba Tropikal, Bruno Morais, Garrincha, Alexandre Matias, Luiz Pattoli, Danilo Cabral e Babee Leal.
Trackertower – Rua Dom José de Barros 337, esquina com av. São João
$25 (lista: [email protected] – só entra com nome na lista!)

Tags: , , , , , , , , , , , ,