Por Alexandre Matias - Jornalismo arte desde 1995.

Vida Fodona #724: Cassiano (1943-2021)

Obrigado, mestre.

Ouça aqui. Continue

Vida Fodona #723: Vem comigo

Sim, você.

Ouça aqui. Continue

Katze e a dor que cura

Foto: Leticiah F.

“Na minha perspectiva, antes de chegar na cura tem todo esse processo horrendo de passar pela dor”, me explica por email, a curitibana Katze, que está lançando seu primeiro álbum, Fratura Exposta, nesta quinta-feira, que pode ser ouvido em primeira mão aqui no Trabalho Sujo. Em algum lugar entre o rap, o trip hop, a música eletrônica, a canção e misticismo, ela surge com um trabalho firme, direto e, por que não, terapêutico. “O disco acaba é mais esse processo do que sobre a cura em si. A cura é o objetivo, mas o caminho é longo e o passo é lento”, ri. “Esse processo abarca minha persistência, quase inevitável, em me quebrar o tempo todo e aí lidar com as in-consequências. E aí o nome do disco vem nesse sentido quase literal: ao expor o que está quebrado, reconheço o que e onde dói e acolho o que sinto. então acredito que reconhecer a dor e seja o primeiro passo pra cura.” E suas canções sussurradas sobre beats introspectivos acabam funcionando como o ambiente para curtir – e superar – a dor.

Continue

Jessie Ware não deixa ninguém parado

Não bastasse ter sido autora de uma das pistas de dança imaginárias mais quentes de 2020 – o soberbo What’s Your Pleasure, um dos melhores discos do ano passado -, Jessie Ware tira mais grooves suaves da manga ao anunciar a edição de luxo de seu disco mais recente (já em pré-venda aqui), abrindo seu coração pra gente na irresistível “Please”. Plis, digo eu, minha nossa senhora…

Ouça aqui. Continue

NTS: Sobre Roberto Carlos

A pedidos, discutimos o oitentão Roberto Carlos, ícone da música brasileira que, apesar da onipresença ainda massiva, não tem mais a importância popular que um dia já teve, embora ainda seja um dos principais autores da música brasileira contemporânea. E é por aí que eu, Danilo Cabral e Luiz Pattoli embarcamos em um longo papo sobre sua carreira, sua paranoia de controle, seus especiais na rede Globo, sua discografia e suas manias, numa grande homenagem a uma das maiores unanimidades do Brasil.

Assista aqui. Continue

Altos Massa: A estabilidade é uma ilusão?

Empregos, relacionamentos, endereços, círculos sociais, referências culturais… Nos apegamos a estados passageiros dando a eles uma sensação de perenidade que é fictícia, pois o que chamamos de normalidade é uma construção psicológica. O Altos Massa desta vez mergulha fundo em uma condição que muitos almejam e supõem vivê-la, mas que, como tudo na vida, é transitório e finito. Como viver com a sensação de que não existe estabilidade nenhuma?

Assista aqui. Continue

Bom Saber #049: Fernanda Paola

A conversa do Bom Saber da vez é com a diretora do Espaço Cult (https://www.cultloja.com.br) Fernanda Paola, que conta como adaptou seus cursos presenciais para a nova realidade pandêmica e como este ano passado mudou completamente a natureza do espaço, que seguirá online mesmo após o fim da quarentena eterna. Também conversamos sobre temas relevantes neste período e as dificuldades e facilidades do ensino à distância, entre outros assuntos.

Assista aqui. Continue

A arqueologia de Júpiter Maçã

Quando mudou-se para a Finlândia, o cineasta André Peniche levou poucas coisas do Brasil – entre elas, um certo “tesourinho”. “Muito antes de morrer, ou melhor, pouco antes de recair na bebida, Júpiter deixou comigo o que ele chamava de ‘tesourinho’. Era basicamente uma cópia de cada disco lançado e outras raridades”, me explica por email, se referindo ao legado póstumo do papa psicodélico Júpiter Maçã, que aos poucos começa a ver a luz do dia. “Algumas dessas raridades estavam também com outros amigos músicos que tinham ainda mais participação do que eu na vida do man. Isso ficou comigo por uns dois anos antes de sua morte e claro, após 2015, quando ele faleceu. Ano passado me mudei para Helsinque, Finlândia, onde hoje resido, e uma das poucas coisas que trouxe comigo foi o tal ‘tesourinho’. O motivo? Não sei… Em parte talvez pois estou lentamente trabalhando num documentário extenso sobre ele mas em outro, pois simplesmente achei que devia.”

Continue

Vários Artistas: Juliana Alves

Chamei minha querida amiga Juliana Alves para conversar sobre música em mais uma edição do meu programa de bate-papo Vários Artistas e ela remonta suas primeiras lembranças como ouvinte ao lado da família ainda no Piauí, ao mesmo tempo em que descobre o rock, a MTV e a internet e começa a conhecer bandas por causa das capas de discos, em shows em lugares improváveis e na farra do Napster e do Last.fm.

Assista aqui. Continue

Vida Fodona #722: A porta tá aberta

Chega mais…

Ouça aqui. Continue