Tudo Tanto #131: Gabriel Ventura

Depois de gravar seu primeiro disco solo, em 2019, o ex-vocalista e guitarrista da banda Ventre, Gabriel Ventura, lança seu primeiro disco solo, Tarde, mais de dois anos depois de conclui-lo. E depois de retornar aos palcos, puxo uma conversa com o cantor e compositor em mais um programa da minha série sobre música brasileira, Tudo Tanto.

Assista aqui.  

Bom Saber #088: Aline Bei

Uma das novas autoras mais festejadas dos últimos anos, Aline Bei é a convidada desta edição do meu programa de entrevistas Bom Saber, quando conversamos sobre processo criativo, o papel das redes sociais na literatura atual e como o trágico momento atual que vivemos fala sobre perda, tema que atravessa os dois livros de Aline, O Peso do Pássaro Morto e o recém-lançado Pequena Coreografia do Adeus.

Assista aqui.  

Aparelho: O dilema do Pluto e o segredo do morcego (vermelho)

O que o Peninha tem em comum com o Tio do Aço? Em mais um rendez-vous de nosso Jornalismo-Fumaça, eu, Tomate e Vladimir Cunha embarcamos uma trip descontrolada em busca da essência das conversas que realmente importam, enfileirando as patentes do quartel do Recruta Zero em busca do possível alvo correto do míssil disparado sem querer querendo pelas FFFFFAAAAA. Enquanto Patópolis nos funde a cuca (não a do sítio) com questionamentos existenciais, cogitamos um festival composto apenas por artistas que usam siglas e uma camiseta do popstar Nesta, enquanto lembramos da conexão entre o Kiss e o Teenage Fanclub e as previsões econômicas das ciganas.

Assista aqui.  

Tudo Tanto #130: Diogo Strausz

O convidado desta semana do meu programa sobre música brasileira é o produtor Diogo Strausz, que está saindo deste período pandêmico lançando seus primeiros trabalhos autorais desde que lançou seu disco de estreia, há quase dez anos. No papo, conversamos sobre o aprendizado deste período de reclusão, do que falam os discos que está lançando em 2022 e da fronteira entre músico, produtor e DJ que ele ocupa, tanto do ponto de vista de seus trabalhos quanto do trabalho de outros artistas com quem eventualmente colabora.

Assista aqui.  

DM: Golpe e depois cultura

Depois de sua estada em São Paulo, Dodô volta apaixonado pela cidade e começamos mais um DM falando sobre o momento em que a cidade que escolhi viver está atravessando. E além de suas aventuras em seu próprio Astoria particular, conversamos sobre a reverência em vida a nomes como Nei Lopes e Lia de Itamaracá, o iminente golpe desenhado pelo presidente da república para salvar seu próprio rabo e como a cultura vai ter um papel crucial nos próximos anos.

Assista aqui.  

Bom Saber #087: Carol Passos (Podcast Posfácio)

No meu programa de entrevistas desta semana converso com a Carol Passos, uma das criadoras do podcast Posfácio, que fala sobre livros e que está prestes a entrar em uma nova temporada entrevistando escritores. Falamos sobre jornalismo e literatura e como o primeiro tem prestado bem menos atenção à segunda, criando espaços que permitem a criação de projetos como este podcast. E também falamos sobre questões técnicas envolvendo este tipo de publicação, que está bem mais à mão da maioria das pessoas atualmente.

Assista aqui.  

Aparelho: Essas coisas que ultrapassam a lógica humana

Abrir uma sessão do Aparelho é tirar o freio de mão em uma ladeira e assim eu, Vlad e Tomate disparamos a falar sobre todos os assuntos possíveis que nos vêm à cabeça, desde como o NFT dos centavos da gasolina vai criar uma indústria de coquetéis molotov à precaridade vendida como superação pelo jornalismo charlinho, passando por um flashmob de abraçaços à polícia militar e o Predador cantando o hino nacional nas passeatas bolsonaristas. É difícil, mas assim vamos.

Assista aqui.  

Polimatias: Brasília – Cidade utópica

Seguindo a programação da segunda temporada do Polimatias, cujo foco é a vida nas cidades, vamos falar de uma que eu e Polly Sjobon temos um apreço especial: minha cidade-natal, Brasília, onde Polly também morou por um bom tempo. Citamos nossa capital, que completou 62 anos no mês passado, como um exemplo de utopia arquitetônica e como esta acaba forjando a vida e o comportamento de seus moradores.

Assista aqui.  

Cine Ensaio: Nicolas Cage e a atuação experimental

Às vésperas do lançamento de seu filme de número setenta e lá vai pedra (O Peso do Talento, em que ele interpreta… ele mesmo!), Nicolas Cage é uma esfinge que desafia o espectador de cinema – e nunca saberemos se ele forçará a barra de forma convincente ou espalhafatosa, sempre andando no limite entre o impressionante e o ridículo. Disposto a transcender os limites do que convencionou-se a rotular de interpretação cinematográfica, o sobrinho de Coppola é o tema do primeiro Cine Ensaio sobre atuação no cinema – e eu e André Graciotti escolhemos este ícone justamente para dissecar este conceito no palco determinado pelos limites da câmera e da tela. Consideramos um dos atores mais desafiadores do cinema norte-americano justamente por ser completamente inusitado e imprevisível – além de nos entregar momentos de êxtase ou constrangimento que rendem cenas memoráveis ou memes ridículos.

Assista aqui.  

Cohen num fôlego só

Leonard Cohen: Dito e lido @ Centro da Terra (2.5.2022)

Alma lavada após colocar de pé Leonard Cohen: Dito e lido, tributo ao mestre canadense que eu e Juliana Vettore concebemos para o Centro da Terra terra ao lado de um time de primeiríssima. Jeanne Callegari, Michaela Schmaedel, Bárbara Eugenia, Juliana R. José Barrickello se revezaram entre poemas, instrumentos musicais, efeitos sonoros, versos implacáveis, bilhetes tenros e refrães memoráveis numa homenagem cujo tom elegante e solene não impediu experimentações e cruzar algumas fronteiras pouco óbvias de sua vida e obra.

Assista aqui.