Retrospectiva OEsquema 2012: Televisão às tijoladas

the-list

Com terças e sextas comprometidas com saídas de casa semanais, 2012 acabou, por outro lado, sendo um ano bem indoor, em que além de organizar as coisas em casa, consegui dar cabo em várias pendências televisivas que não consegui acompanhar em tempo real. Matei séries inteiras que acabaram faz tempo (My Name is Earl, Arrested Development, Freaks & Geeks, o longo débito com The Wire) e consegui acompanhar hits atuais para acompanhar em tempo real (Sherlock, Parks & Recreation, Homeland, Modern Family, Mad Men, Louie, Ancient Aliens, Breaking Bad, Dexter, Newsroom) – que passaram a acompanhar a única série atual que sigo desde o início, Fringe. Com esse intensivão, comecei a encarar as séries como encaro sagas em quadrinhos – e em vez de acompanhá-las semanalmente, prefiro digeri-las às temporadas (no caso dos quadrinhos, aos volumes dos TPBs). Já havia feito isso em anos passados, assistindo Sopranos, A Sete Palmos e Battlestar Galactica às tijoladas enquanto criava um ranking interior, mas 2012 me ensinou que esteve talvez seja o melhor jeito de consumir estes seriados, que devem estar entre as principais obras de arte pop da atualidade (mesmo que eu não tenha nem conseguido começar a acompanhar coisas como Games of Thrones ou Walking Dead). O que também dá uma sensação ímpar ao final de qualquer série – o ar de dever cumprido e o astral de ser uma pessoa melhor, como Earl ao final de cada episódio em que riscava um item de sua lista.

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Guilherme Mastellini disse:

    E qual é a nº 1 na sua opinião, Six feet under ou Sopranos? (Tem que ser uma das duas.. Hehhe)

    • A melhor serie eh Seinfeld, mas Seinfeld eh sitcom, nao eh uma saga.

      Das sagas, gosto muito de Sopranos, The Wire, Battlestar Galactica, Six Feet Under… Mad Men, Sherlock, Fringe e Breaking Bad estao indo no caminho certo, mas ainda nao terminaram – um final ruim pode destruir a reputacao de uma serie (veja como Lost nao esta nesse ranking e imagine se Six Feet Under nao tivesse aqueles ultimos 10 minutos…).

      Hoje em dia escolho The Wire, a serie eh um relogio, tudo funciona.

      Vale citar tambem a inglesa Life on Mars, uma caixinha de musica de tao perfeito.

      Nao estou elencando humoristicos e nao vi Dr. Who…

  2. Guilherme Mastellini disse:

    Pô, Seinfeld é coisa linda mesmo. E, realmente, não tem como comparar as sitcoms com outros formatos.

    Os Sopranos eu ainda não vi, mas sempre tá no topo em quase toda lista. Ainda verei.

    A Sete Palmos é um negócio único. Li no imdb uma vez a melhor definição que eu conheço pra essa série: “Feels like an insult to call it television”. É isso.
    Sei de muita gente que começou a assistir A Sete Palmos e jamais enxergou muita coisa naquilo tudo, como quem espera que algo aconteça. É isso. A vida, vida mesmo, pra 99% da população do mundo (eu incluso) é essa espera pra que algo aconteça. Você não vai ver agentes do FBI, resoluções de crimes mirabolantes, grandes viagens no tempo, uma plateia dizendo quando rir; em A Sete Palmos. É o recorte no tempo da vida de uma família. Ponto. (E, claro, aqueles minutos finais antológicos)

    Mas tem muita coisa boa ainda por vir/conhecer .. valeu as dicas de séries..

  3. Diógenes disse:

    Arrested Development ainda tem mais um temporada, que deve sair em 2013. Assista Community!

  4. Fra tura disse:

    Destas que você viu acho Freaks and Geeks um primor, My Name is Earl bem interessante …e Arrested loucamente deliciosa…

  5. Fra tura disse:

    Mas The Wire é realmente perfeita…………

  6. Fra tura disse:

    Undeclared é uma espécie de continuação de Freeks…deu tempo de ver?