Noites Trabalho Sujo na Trackers | 5.5.2018

O ano segue conturbado, tenso e belicoso, por isso reforçamos nossa missão de espalhar boas vibrações através de ondas sonoras que conectam afetividades reprimidas que se soltam na pista de dança. Em mais um experimento mensal na torre de concreto que observa imóvel as mutações de uma São Paulo sempre em convulsão urbana, o centro de pesquisa Noites Trabalho Sujo, representado por seu fundador, o neurossociólogo Alexandre Matias, e pelo cientista-sênior em agitações sonoras, Luiz Pattoli, convida o guru do carisma analítico Pablo Miyazawa para juntar-se em sua palestra conjunta a respeito da memória afetiva musical dos últimos tempos, ministrada no auditório azul. Do outro lado do andar, as exploradoras sônicas Girls Bite Back (Ana Prado e Nath Capistrano) navegam águas de alto astral movidas por frequências de áudio, seguidas pela apresentação contagiante do representante central do instituto Heatwave, o antropólogo Wilson Farina, que condicionam o auditório preto para encapsular corações em harmonia psíquica. O experimento é voluntário e só participa dele quem enviar o próprio nome para o endereço eletrônico noitestrabalhosujo@gmail.com até às 19h do próprio dia da apresentação. E devido à tragédia que abateu-se próxima à região do Largo do Paiçandu, estamos recolhendo itens de vestuário e de higiene pessoal para as vítimas do desabamento recente, oferecendo um desconto no valor da entrada aos que se dispuserem a colaborar.

Noites Trabalho Sujo @ Trackers
Sabado, 5 de maio de 2018
A partir das 23h45
No som: Alexandre Matias e Luiz Pattoli (Noites Trabalho Sujo), Wilson Farina (Heatwave), Ana Prado e Nath Capistrano (Girls Bite Back) e Pablo Miyazawa
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 40, só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Aniversariantes da semana não pagam para entrar (avise quando enviar o nome no email, por favor). Os cem primeiros a chegar pagam R$ 25.

Estamos recolhendo roupas (adulto e infantil), fraldas, itens de higiene pessoal e cobertores para doar para as vítimas do prédio que desabou nas proximidades do Largo do Paiçandu. Quem trouxer este tipo de doação tem desconto de R$ 20 na entrada da festa.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *