Noites Trabalho Sujo | 18.8.2018

nts-18082018

Uma notícia pegou a todos de surpresa no final desta semana quando descobrimos que um dos faróis da boa música apagou-se com a morte de Aretha Franklin. Mito imbatível da soul music, ela ainda era relevante mesmo tendo passado dos 70 anos de vida (quem não lembra da versão de “Rolling in the Deep”, hit da Adele, que tocamos em nossas festas?) e sua despedida funcionou como combustível para celebrarmos seu legado dançando. Por isso, chamamos a doutora em psicologia musical Flávia Durante para nos acompanhar durante um tributo dançante à maior rainha da música cantada em inglês no auditório azul de nosso instituto de pesquisas localizado no centro da maior cidade da América do Sul. Antes e depois dela, os fundadores do laboratório de transformação de frequências sonoras em boas ondas cerebrais Alexandre Matias e Luiz Pattoli conduzem a noite sempre disparando altas doses de astral aberto. No outro lado do experimento, o laboratório preto começa sob a batuta do pesquisador Carlos Costa e depois segue com as descobertas da exploradora Vanessa Gusmão, dois veteranos dos sábados no centro da cidade que ajudam a esquentar essa noite fria de inverno. A entrada no recinto é voluntária mediante a apresentação do nome através do endereço de correio eletrônico noitestrabalhosujo@gmail.com até às 18h do do dia do evento.

Noites Trabalho Sujo @ Trackers
Sábado, 18 de agosto de 2018
A partir das 23h45
No som: Alexandre Matias e Luiz Pattoli (Noites Trabalho Sujo), Carlos Costa, Vanessa Gusmão e Flávia Durante fazendo um set em homenagem à deusa Aretha Franklin
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 30, só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Aniversariantes da semana não pagam para entrar (avise quando enviar o nome no email, por favor), bem como os 30 primeiros a chegar na festa.

Você pode gostar...