Vida Fodona #745: Semana puxada adiante

Vai ser bom demais.

Ouça aqui.  

Vida Fodona #735: Sem muita conversa

Pra agilizar esse processo…

Ouça aqui.  

Vida Fodona #734: Aproveitar esse domingo ensolarado

Chega mais.

Ouça aqui.  

Mais uma música nova do Teenage Fanclub

O grupo escocês Teenage Fanclub adiou o lançamento de seu próximo disco, Endless Arcade, o primeiro após a saída de um de seus fundadores, o baixista Gerard Love. O disco sairia no início de março, mas eles abrem 2021 apontando o lançamento para uma nova data, 30 de abril, e aproveitam a notícia para mostrar mais uma música do novo disco, “I’m More Inclined”, que foi a primeira música que o líder da banda, Norman Blake, apresentou quando começaram a pensar num novo disco. Ouça aqui.  

Teenage Fanclub de volta pra casa

Teenage_Fanclub_2020

teenage-fanclub-endless-arcade

O clássico grupo indie escocês Teenage Fanclub mostra “Home”, single que anuncia o lançamento do primeiro álbum do grupo após a saída de Gerard Love em 2018. Endless Arcade será lançado em março do ano que vem e traz pela primeira vez a formação do grupo como um quinteto, com Norman Blake e Raymond McGinley nas guitarras e vocais, Francis MacDonald na bateria e os novatos Dave McGowan, no baixo, e Euros Childs (sim, o mesmo do Gorky’s Zygotic Mynci) nos teclados.

Amo o solo dobrado da música. Endless Arcade, cuja capa e ordem das faixas vêm abaixo, já está em pré-venda.

“Home”
“Endless Arcade”
“Warm Embrace”
“Everything is Falling Apart”
“The Sun won’t shine on me”
“Come With Me”
“In Our Dreams”
“I’m more inclined”
“Back in the Day”
“The Future”
“Living with You”
“Silent Song”

Vida Fodona #637: Uma forma pouco convencional

vf637

Outro programa gravado ao vivo.

Massive Attack – “Be Thankful for What You Got”
Curtis Mayfield – “Gimme Your Love”
Ana Frango Elétrico – “Chocolate”
Tame Impala – “It Might Be Time”
Brian Eno – “St. Elmo’s Fire”
Carole King – “I Feel the Earth Move”
Pink Floyd – “Free Four”
Josyara + Giovani Cidreira – “Molha”
Rocket Juice & The Moon – “Poison”
Gilberto Gil – “Feliz por um Triz”
Arnaldo Baptista – “Hoje de Manhã Eu Acordei”
Silver Jews – “Random Rules”
Daft Punk + Julian Casablanca – “Instant Crush”
Teenage Fanclub – “Verisimilitude”
Tim Maia – “Manhã de Sol Florida, Cheia de Coisas Maravilhosas”
Lulina – “N”
Washed Out – “Eyes Be Closed”
Happy Mondays – “Loose Fit”
Itamar Assumpção – “Beijo na Boca”
João Gilberto – “Estate”
Nill – “Minha Mulher Acha Que Eu Sou o Brad Pitt”
Kanye West – “Love Lockdown”

Todo o show: Teenage Fanclub no festival de Reading, 1992

Mais uma pérola desenterrada pelo Mutlei: a íntegra do show do Teenage Fanclub no festival de Reading em 1992, aquele que, por algum motivo estranho e aleatório, passou na Bandeirantes naquele mesmo ano, causando comoção em quem acompanhava as notícias de música no conta-gotas da imprensa imprensa (lembre-se que não havia a internet como a conhecemos hoje naquele momnento). Showzão.

“So Far Gone”
“Mr. Tambourine Man”
“What You Do to Me”
“Star Sign”
“God Knows It’s True”
“Take the Skinheads Bowling”
“The Concept”
“Everything Flows”
“Satan”

Teenage Fanclub 2019: “‘Cause everything is going to end”

teenagefanclub2019

O grupo escocês Teenage Fanclub dá o primeiro sinal de vida desde a saída de Gerard Love no meio do ano passado com a canção “Everything Is Falling Apart”, que mistura um pessimismo nas entrelinhas em relação ao estado das coisas em 2019 com a insistência de que o pop e o amor vencerão no final. A faixa foi gravada em Hamburgo, na Alemanha, no início do ano com a formação com a qual o grupo está excursionando atualmente: Raymond McGinley nos vocais e guitarra, Norman Blake na guitarra e Francis Macdonald na bateria, além dos novatos David McGowan (que também toca com o Belle & Sebastian) no baixo e Euros Childs (o próprio, do Gorky’s Zygotic Mynci) nos teclados.

A canção anuncia a turnê que o grupo fará pelos EUA neste semestre, mas não há previsão de um novo álbum – por enquanto.

Vida Fodona #567: Tudo voltar ao normal

vf567

Esperando entrar setembro…

Erasmo Carlos – “26 Anos de Vida Normal”
Cramps – “Human Fly”
Blood Orange – “Charcoal Baby”
Bolerinho – “Necrópsia do Nosso Caso de Amor”
Memory Tapes – “Green Knight”
Letuce – “Fio Solto”
JJ – “Things Will Never Be the Same”
Paul McCartney – “Ram On”
Rockers Control – “Soltinho Dub”
Gilberto Gil – “OK OK OK”
Tim Maia – “João Coragem”
Pink Floyd – “Sheep”
Alphabeat – “Digital Love”
Cidadão Instigado – “Contando Estrelas”
Of Montreal – “Spoonful Of Sugar”
Caetano Veloso – “Trem das Cores”
Teenage Fanclub – “Neil Jung”

Teenage Fanclub sem Gerald Love

geraldlove

Triste descobrir que um dos fundadores de uma de suas bandas favoritas deixa o grupo pelas famigeradas “diferenças artísticas”. Mais triste ainda quando se descobre que esta banda é o Teenage Fanclub, grupo escocês que primava pelo power pop com guitarras que influenciou parte da produção indie dos anos 90, além de manter-se na ativa por mais de trinta anos. Mas a semana começou com o anúncio do grupo em seu site e suas redes sociais sobre a saída do baixista após divergências sobre planos de turnê.

“Gerald Love não estará com as bandas nestas datas ou em quaisquer outros shows que iremos tocar este ano. Seu último show com a banda será no dia 15 de novembro no Electric Ballroom em Londres. Seguiram-se discussões dentro da banda por vários meses e há uma contínua e tristemente insolúvel diferença de opinião sobre se a banda deveria proceder com os planejamentos de excursão propostos, por isso após este show em Londres Gerry se separará da banda e o Teenage Fanclub continuará sem ele. A banda deseja a Gerry o melhor em seus desafios musicais futuros. Contudo, todos nós estamos ansiosos sobre os shows que tocaremos este anos, em particular a fazer que os três shows seguidos em outubro e novembro sejam especiais. Para isso, Brendan O’Hare e Paul Quinn se juntarão a nós. Ainda há ingressos para algumas destas datas.”

Gerry, no dia seguinte, resolveu apaziguar a tristeza por suas redes sociais ao dizer que “pensei que deveria falar algumas coisas sobre essa situação do Teenage Fanclub”. E disse:

“Pra começar, eu não queria fazer nenhum destes shows em particular – Hong Kong, Japão, Austrália e Nova Zelândia – especificamente por causa dos voos envolvidos. Eu voei muito pelo mundo no último ano e não é algo que eu quero fazer com muita frequência em minha vida. Eu também não quero que ninguém deixe de ganhar a vida por causa disso, por isso é completamente aceitável pra mim que a banda e a equipe continuem com a turnê. Eu não saí da banda nem fui expulso, a idéia desta turnê é que finalmente se tornou um embate e nós concordamos seguir nossos caminhos em separado. Não é o ideal para nenhum de nós, mas foi amigável como poderia ser. Nós tocamos alguns shows no fim de semana e acho que o grupo está soando muito bem. Temos alguns shows em festivais na próxima semana e então em outubro e novembro faremos nossos shows tocando discos na íntegra onde teremos a chance de tocar com Brendan e Paul novamente. Tudo bem. A mudança é natural e constante e eu a recebo bem. Tudo que posso dizer e que me sinto muito felizardo de ter conhecido Norman e Raymond por todos esses anos. Tudo de bom e obrigado.

E antes que alguém chie com os substitutos de Gerry: Brendan é um teenage fanclub honorário e já gravou em discos da banda; Paul é velho conhecido da cena indie escocesa e amigo dos fannies de longa data.