Vida Fodona #804: O primeiro programa de 2024

Feliz ano novo com a trilha sonora da minha virada do ano entre o Ceará e Brasília.

Ouça aqui:  

O Tiny Desk da Olivia Rodrigo

Dona de um dos melhores discos pop de 2023 (seu Guts é o disco que os anos 90 precisavam ouvir na época), Olivia Rodrigo dedicou sua participação no Tiny Desk Concert da emissora norte-americana NPR ao álbum, cantando “Love is Embarrassing”, “Lacy” e “Making the Bed”, além de uma das minhas músicas favoritas do ano que está chegando ao fim, “Vampire”.

Assista abaixo:  

Vida Fodona #802: Determinar o próprio ritmo

Já que tá tudo mudando…

Ouça aqui:  

Vida Fodona #797: Começou quentaço

Esse mês promete!

Ouça aqui:  

Vida Fodona #797: Bem na manha

Sintonizando a frequência certa para começar a semana…

Ouça aqui:  

Vida Fodona #795: Deliciosamente maluco

Seguindo a intensidade deste mês…

Ouça abaixo:  

Quando Olivia Rodrigo encontrou Sheryl Crow

“Me belisca!”, escreveu Olivia Rodrigo ao postar o dueto que fez com sua ídola Sheryl Crow na sexta-feira passada, quando as duas dividiram os vocais de um dos maiores hits da veterana, “If It Makes You Happy”, no pequeno palco do histórico Bluebird Café, em Nashville, nos EUA. Assista abaixo:  

Olivia Rodrigo: “Fuck it, it’s fine”

E Olivia Rodrigo nos dá mais um gostinho de Guts, seu segundo disco que sai em setembro e a cada nova notícia o disco esquenta mais. O segundo single, “Bad Idea Right?”, vai para um extremo oposto da dramática e melódica “Vampire” e escolhe um pop confortável – e respirando rock – para falar de outro tipo de problema pós-relação: quando você toca o foda-se e decide que não tem problema voltar com aquela paixão que você achava que havia superado e se tornado só uma amizade. O clipe, mais uma vez dirigido pela parceira Petra Collins, aperta ainda mais essa ferida sabendo que tudo pode dar errado, mas…

Assista abaixo:  

E a lista com o nome das músicas do novo disco da Olivia Rodrigo?

Não bastasse a força do single “Vampire”, Olivia Rodrigo acaba de soltar a ordem das músicas de seu segundo disco, Guts, que sai só em setembro, e quase todo título é uma pedrada no meio da testa no que diz respeito a como batizar uma canção pop no século 21:

“All American Bitch”
“Bad Idea Right?”
“Vampire”
“Lacy”
“Ballad Of A Homeschooled Girl”
“Making The Bed”
“Logical”
“Get Him Back!”
“Love Is Embarrassing”
“The Grudge”
“Pretty Isn’t Pretty”
“Teenage Dream”

Deixando a Lana Del Rey de fora porque ela é hors concours (e pode, segundo rumores, estar presente neste mesmo Guts), desde que Dua Lipa anunciou os nomes das músicas de seu Future Nostalgia eu não tenho tanta vontade de ouvir um disco só por conta dos títulos das faixas. Esse disco promete…

Vida Fodona #790: Deu vontade

Chega mais.

Ouça aqui: