Vida Fodona #691: Festa-Solo (15.11.2020)

vf691

Começando a discotecar ao vivo em pleno domingo à tarde, para acompanhar a apuração enquanto ponho um som… Cola lá no twitch.tv/trabalhosujo.

Cidadão Instigado – “Contando Estrelas”
Pink Floyd – “Free Four”
Carabobina – “Deixar de Rodear”
Nightmares on Wax – “Les Nuits”
Massive Attack – “Group Four (Mad Professor Remix)”
Baianasystem – “Jah Jah Revolta (Adubada por Buguinha Dub)”
Primal Scream – “Higher Than The Sun (A Dub Symphony In Two Parts)”
Gregory Isaacs – “Night Nurse (Dub 2)”
Augustus Pablo – “Frozen Dub”
DJ Cleiton Rasta – “Cabeça de Gelo”
Lee Perry – “Dub Revolution”
Céu – “Roda (Bombay Dub Orchestra’s Grateful Dub Mix)”
Paralamas do Sucesso – “Marujo Dub”
Anelis Assumpção e os Amigos Imaginários – “Eu Gosto Assim Dub”
EMYND – “Ain’t No Mountain High Enough Shaky Dub”
Bixiga 70 – “Dub di Malaika”
Beastie Boys – “Dub the Mic (Instrumental)”
Quinto Andar – “Queima Dub”
De Leve – “Pode Queimar (Dubrilla Remix)”
Black Sabbath – “Planet Caravan (Poolside Re-work)”
Carole King – “It’s Too Late”
Isaac Hayes – “Never Can Say Goodbye”
Célia – “Para Lennon e McCartney”
João Bosco – “Cobra Criada”
Childish Gambino + Ariana Grande – “Time”
Arnaldo Baptista – “Corta Jaca”
Nação Zumbi – “Nebulosa”
Kinks – “Waterloo Sunset”
Pulp – “Bar Italia”
Syd Barrett – “No Good Trying”
Rita Lee + Tutti Frutti – “Cartão Postal”
Chico Buarque + A Cor do Som – “Hino do Duran”
Funkadelic – “Groovallegiance”
Tulipa Ruiz – “Às Vezes”
Letrux – “Hypnotized”
R.E.M. – “Near Wild Heaven”
Legião Urbana – “Só Por Hoje”
Gal Costa – “Cultura e Civilização”
Andy Clockwise – “Open Relationship”
Air – “People in the City”
Radiohead – “Climbing Up the Walls”
Tame Impala – “Say It Right”
Carly Rae Jepsen – “Run Away With Me”
M83 – “Midnight City”
Spoon – “Hot Thoughts”
Lykke Li – “I Follow Rivers (The Magician Remix)”
Britney Spears + Madonna – “Me Against The Music”
Justice – “D.A.N.C.E.”
Michael Jackson – “Off the Wall”
Missy Elliot – “Gossip Folks”
Modjo – “Lady (Hear Me Tonight)”
Mano Brown + Seu Jorge – “Dance, Dance, Dance”
Will Smith – “Gettin’ Jiggy With It”
Sister Sledge – “He’s The Greatest Dancer”

Sílvio Almeida entrevista Mano Brown

silvio-almeida-mano-brown

O filósofo Sílvio Almeida cede aos anseios de seu novo público e lança seu canal no YouTube entrevistando ninguém menos que Mano Brown. O encontro inaugurou o novo canal e só peca por ser curto – mas há muito o que aprender nestes pouco mais de vinte minutos de conversa. E é muito importante ver o Brown, falando de Pelé, mencionando a solidão de um rei.

Assina o canal dele porque promete…

Vida Fodona #682: Festa-Solo (5.10.2020)

vf682

É feriado, mas é segunda e tem mais um Vida Fodona ao vivo a partir das 21h no Twitch.tv/trabalhosujo – o da semana passada foi assim…

Pink Floyd – “San Tropez”
Maurício Pereira – “Os Amigos ou O Coração é Um Órgão”
Mark Sandman – “Brazil”
Unknown Mortal Orchestra – “From the Sun”
Thundercat – “Friend Zone”
Spoon – “Hot Thoughts”
Cassiano – “Onda (Poolside & Fatnotronic Edit)”
Santogold – “L.E.S. Artistes”
M83 – “Midnight City”
Magic – “Rude”
Cornershop – “Who Fingered Rock ‘n’ Roll”
Girls – “Honey Bunny”
Jon Spencer Blues Explosion – “Afro”
Bo Diddley – “Who Do You Love?”
Screaming Jay Hawkins – “I Put a Spell on You”
Frank Ocean – “Lost”
Major Lazer – “Lean On”
Katy Perry + Juicy J – “Dark Horse”
Dua Lipa + DaBaby – “Levitating”
Lauryn Hill – “Everything Is Everything”
Lana Del Rey – “Florida Kilos”
Edwin Birdsong – “Cola Bottle Baby”
Eddy Grant – “Electric Avenue”
KC & The Sunshine Band – “Keep It Comin’ Love”
Mcfadden & Whitehead – “Ain’t No Stoppin’ Us Now”
Tim Maia – “A Fim de Voltar”
Dolly Parton – “9 to 5”
Dusty Springfield – “Son of a Preacher Man”
Echo & The Bunnymen – “Bring On The Dancing Horses”
U2 – “Desire”
Lulu Santos – “Um Certo Alguém”
Marina Lima – “Corações a Mil”
Mano Brown + Don Pixote + Seu Jorge – “Dance, Dance, Dance”
Rita Lee – “Jardins Da Babilônia”
Roxy Music – “Ladytron”
XTC – “Here Comes President Kill Again”
Beach Boys – “I Was Made to Love Her”
Velvet Underground – “One of These Days”
Pretenders – “Back On The Chain Gang”
Jam – “Town Called Malice”
Supremes – “You Can’t Hurry Love”
Phil Collins – “You Cant Hurry Love”
Doors – “Love Street”
Cure – “A Forest”
Beatles – “You Never Give Me Your Money (Instrumental)”
Beatles – “Sun King (Instrumental)”
Beatles – “Polythene Pam (Instrumental)”
Beatles – “She Came In Through The Bathroom Window (Instrumental)”
Beatles – “Golden Slumbers (Instrumental)”
Beatles – “Carry That Weight (Instrumental)”
Beatles – “The End (Instrumental)”
Beatles – “Her Majesty (Instrumental)”
Beatles – “Come Together (Instrumental)”

Vida Fodona #661: Pra dançar

vf661

Chega mais.

INXS – “Need You Tonight”
Dua Lipa – “Break My Heart”
Daft Punk – Lose Yourself to Dance
Billie Eillish – “My Future”
Jessie Ware – “Adore You”
Poolside – “Around The Sun (Body Music Remix)”
Pharrell – “Frontin'”
Curumin – “Selvage”
Tulipa Ruiz – “Físico”
Mano Brown + Don Pixote + Seu Jorge – “Dance, Dance, Dance”
A Cor do Som – “Zanzibar”
Rincon Sapiência – “Ponta de Lança (Verso Livre)”
Di Melo – “Kilariô”
Curtis Mayfield – “Freddie’s Dead”
Beastie Boys – “Three Mc’s And One DJ”
KC & The Sunshine Band – “Keep It Comin’ Love”
Les Rhytmes Digitales – “Sometimes”
Lana Del Rey – “Blue Jeans (Penguin Prison Remix)”
Metronomy – “The Bay”.

“Brasil é corrupto suficiente para não abraçar ideologia”

manobrown-drauzio

O encontro entre dois gigantes da cultura brasileira, Mano Brown e Drauzio Varella, que aconteceu nesta quarta-feira no canal do YouTube do doutor, anunciado com a hashtag #ManoDraw, foi mais uma aula sobre o racismo no Brasil e merece ser assistida na íntegra. “Acho que Brasil é corrupto para não abraçar ideologia de ninguém”, mandou Mano Brown, na lata, “Nem de extrema direita, extrema esquerda, nazista. Vai ser sempre um grupo pequeno que tem que ser combatido. Mas nunca vai pegar. Brasileiro, pelo que entendo, é misturado mesmo.” E seguiu: “A mentalidade racista está na cabeça de todos. Cada um no seu lugar de fala. Toda conjuntura é desfavorável. Todos pagam um preço. A leitura de um branco no meio de dois negões é de que ele é a vítima. Que temos que proteger o branco. O Brasil é isso aí.”

Mano Brown estreia no carnaval de Salvador

manobrown-salvador

Em meio à folia do carnaval de Salvador, eis que surge Mano Brown no alto do trio elétrico do festival Afropunk, que teve também as participações do BaianaSystem e do Afrocidade, e puxa vários hits dos Racionais – e geral cantou junto.

Gigante. A foto do post saiu do Twitter do Brasileiríssimos.

Vida Fodona #619: Só música brasileira

vf619

No clima da primeira edição das Noites Trabalho Sujo no Cine Joia.

Rita Lee – “Agora é Moda”
Secos & Molhados – “Sangue Latino”
Tulipa Ruiz – “Às Vezes”
Mano Brown + Seu Jorge + Don Pixote – “Dance, Dance, Dance”
Flora Matos – “Igual Manteiga”
Letrux – “Coisa Banho de Mar”
Boogarins – “Benzin”
Bárbara Eugenia + Rafael Castro – “Te Atazanar”
Erasmo Carlos – “Jeep”
Maria Bethânia – “Festa”
Eduardo Araújo – “Kizumbau”
Marcelo D2 – “A Maldição do Samba”
Antonio Carlos & Jocafi – “Simbarerê”
Elis Regina – “Bala com Bala”
A Cor do Som – “Razão”
Sabotage – “Rap é Compromisso”
Tim Maia – “Márcio Leonardo & Telmo”
Metá Metá – “Corpo Vão”

Tudo Tanto #42: A maturidade do rap brasileiro

djonga

O evento Sons da Rua, que neste sábado, reúne integrantes de diferentes gerações do rap nacional (de Mano Brown a Djonga, Rincon Sapiência e Alt.Niss, Thaíde e Emicida), é uma das muitas manifestações da consolidação da importância do gênero em nossa cultura – falei sobre isso na minha coluna Tudo Tanto desta semana.

Rap brasileiro contra o ódio e pela democracia

rappelademocracia

D2, Criolo, Rappin Hood, Don L, BNegão, Brown, Emicida e outros se posicionam contra o fascismo nas eleições brasileiras ao ler o manifesto Rap pela Democracia em uma só voz.

Eles criaram um site para explicar melhor o que está em risco – confere lá.

Os melhores de 2017 na música segundo a APCA

apca

Eis o resultado da eleição dos melhores do ano na categoria música popular segundo o júri da Associação Paulista de Críticos de Arte, do qual faço parte:

Grande prêmio da crítica: João Gilberto
Artista do ano: Rincon Sapiência
Melhor álbum: Boca, Curumin
Melhor show: Mano Brown (Boogie Naipe ao vivo)
Revelação: Pabllo Vittar
Projeto especial: Selo Discobertas (Acervo)
Música do ano: “As Caravanas”, Chico Buarque

Além de mim, participam do júri Fabio Siqueira, José Norberto Flesch, Marcelo Costa, Tellé Cardim, Lucas Brêda e Roberta Martinelli, estes dois últimos estreando na votação este ano.