Dentro de Marina

, por Alexandre Matias

Entre uma peça musical e um show encenado, Sofia Botelho e Ernani Sanchez entraram no imaginário de (e sobre) Marina Lima no espetáculo Eu, Marina que fizeram nesta terça-feira no Centro da Terra. Não era só o desfile de seus grandes sucessos, impregnados em nosso subconsciente, mas também um mergulho nesta personagem-autora que tanto encantou e confundiu o pop do fim do século passado. Transitando entre a MPB, a música pop e o R&B, Marina também abriu uma caixa de Pandora de sensações que vieram junto com as transformações comportamentais do Brasil que saía de uma ditadura militar, explorando tabus e fronteiras de forma difusa e discreta e assim atingiu diferentes ambientes musicais, todos explorados pela dupla de atores transformados em músicos – seja o programa de auditório, o karaokê ou o luau na beira da praia, passando pela poesia musicada e o canto falado e pela sempre presente sugestão sexual de um pop ambíguo. Ao explorar estes universos paralelos – usando recursos cênicos como figurino, iluminação, atuação e a quebra da quarta parede -, Eu, Marina reforça a importância de homenagear uma artista única em nossa cultura. A questão é que como Sofia está grávida – e prestes a parir – uma próxima sessão desta celebração vai ficar fora do ar por alguns meses…

Assista a um trecho aqui.

#sofiabotelhoeernanisancheznocentrodaterra #sofiabotelho #ernanisanchez #marinalima #eumarina #centrodaterra2024 #trabalhosujo2024shows 105

Tags: , , , ,