Salvador sem Carnaval

Em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil, falo sobre como Salvador atravessa mais um ano sem Carnaval e o impacto disso na transformação cultural da cidade, quando converso com Goli Guerreiro, Pérola Mathias, Luciano Matos e Roberto Barreto, do BaianaSystem, que acaba de lançar um manifesto musical sobre este momento.  

Clássicos internacionais de 1972 – Parte 3

Encerrando o especial que fiz no site da CNN Brasil sobre discos estrangeiros clássicos que completam 50 anos em 2022 ainda influentes, falo sobre o melhor disco dos Rolling Stones, a coletânea que apresentou a música jamaicana para o mundo, o disco de estreia da banda que inventou o art rock, uma das obras-primas do papa do glam rock, o disco em que Stevie Wonder mostrou sua maturidade e o disco definitivo de rock progressivo.  

Clássicos internacionais de 1972 – Parte 2

Dando continuidade à série que inaugurei nesta sexta-feira no site da CNN Brasil, sigo falando de discos lançados há meio século que seguem importantes até hoje. 1972 foi o ano do disco mais bem-sucedido do Neil Young, do primeiro disco da dupla alemã Neu!, da sombria obra-prima de Nick Drake, do disco mais ousado de Miles Davis, do disco solo mais memorável de Lou Reed, da volta por cima de Ornette Coleman e do momento em que o Genesis torna-se uma brincadeira séria.  

Clássicos internacionais de 1972 – Parte 1

Como fiz no mês passado com discos brasileiros influentes que completam 50 em 2022 (divididos em três partes, a primeira aqui, a segunda aqui e a terceira aqui), agora é a vez de olhar para fora do Brasil e ver quais discos estrangeiros de 1972 seguem influentes e importantes meio século depois. A primeira leva reúne discos do Big Star, do Can, do Curtis Mayfield, do Al Green, do David Bowie, do Bill Withers e do Black Sabbath, em um interessante panorama sobre o que aquele ano significou para a música pop do século passado. É mais uma colaboração minha para o site da CNN que pode ser lida aqui.  

Você conhece o Neil Young…

Em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil, mostrei que nosso herói Neil Young não entrou nessa contra o Spotify de uma hora pra outra – e sua importância como músico, compositor e cantor equivale à sua tradicional luta contra os opressores e seu ativismo político sempre alerta.  

Sobre a cultura do conforto

Já reparou que na pandemia recorremos aos mesmos discos, livros, séries, quadrinhos e filmes de sempre? Em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil, conversei com o Ricardo Alexandre, a Fernanda Pineda e o Thiago Ney sobre a chamada cultura do conforto.  

Um quarto de século sem o Doutor Charles Zambohead

No dia 2 de fevereiro de 1997, Chico Science deixava este plano para abraçar a imortalidade. E para lembrar do mestre nestes 25 anos sem ele, conversei com Jorge Du Peixe, Lúcio Maia, Paulo André e H.D. Mabuse, todos amigos de longa data e chapas na construção da utopia que foi o mangue beat, sobre a importância do mangueboy original para nossa música, em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil.  

Como a Índia influenciou os Beatles

E depois de Get Back, como continuar acompanhando os Beatles? Uma opção é o documentário The Beatles and India, que estreou no HBO Max essa semana e conta a história da relação do grupo com o país milenar, desde a chegada da beatlemania ao país à caracterização grotesca feita no filme Help!, o encanto de George Harrison pela cítara, as viagens do grupo para o país e a influência do guru Maharishi Mahesh Yogi sobre John, Paul, George e Ringo. Escrevi sobre o documentário para o site da CNN Brasil.  

Get Back chega aos cinemas brasileiros!

É oficial: a íntegra do último show dos Beatles, principal joia do seriado Get Back de Peter Jackson, chega ao cinema de dez cidades diferentes no Brasil no meio de fevereiro. Escrevi sobre isso em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil.  

Obrigado, Elza

Nesta quinta-feira, o país perdeu uma de suas maiores artistas – e Elza Soares cantou até o fim. Conversei com seus compadres Romulo Fróes, Guilherme Kastrup e Kiko Dinucci, que ajudaram a erguer seu nome no último e feliz capítulo de sua vida, sobre a importância desta deusa para nossa cultura em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil.