“Love is the Drug” via Todd Terje

E por falar no Terje, o Camilo já havia falado do remix que ele fez pra “Love is the Drug” (o que, só por cogitar mexer com tal material, já demonstra responsa), mas eu não tinha ouvido ainda… Sente o drama:

João Lucas & Marcelo + Kraftwerk


É infame, mas eficaz. Vi lá no Camilo.

Rita Lee Disco Club

Vamos começar bem a quinta que o sol já saiu.

Camilo aponta mais uma mixtape dos Avalanches (novamente lançada sob pseudônimo – Cool Gaze -, não preciso nem falar pra baixar, né? Ou preciso?), mostrando que os australianos estão mesmo preparando seu aguardado (desde 2002) grande retorno. No fim do set, uma faixa que “pode ou não ser a nova faixa dos Avalanches”. E lá pelo meio, um remix dos Canyons pra “Caso Sério”, da Rita Lee… Meu deus…

Os Canyons são aqueles mesmos caras que melhoraram uma música do Tame Impala (e com esse mesmo tempero disco music), como você pode ouvir abaixo.

 

Vazou o disco do Hot Chip

Bracin e Camilo comentaram sobre o streaming que a NPR tá fazendo do aguardado In Our Heads – e inevitável imaginar que o disco vazaria no mesmo dia

Como foi o seu domingo no parque?

A Flávia me mandou esse vídeo que reflete bem o clima e a vibração no festival da Cultura Inglesa, que rolou domingo passado no Parque da Independência. Olha que incrível:

O outro abaixo eu fiz no comecinho de “Do You Want To”, quando tiraram os fotógrafos do fosso depois da tradicional permissão para filmar as primeiras músicas.

Quem conseguiu chegar no Parque cedo até pode ter pegado fila, mas entrou e teve um domingo sensacional. O caos do lado de fora (deu no NME) é reflexo da forma como a polícia de São Paulo tem tratado eventos em locais públicos (que o Camilo tão bem abordou em um post no Bate-Estaca) e se há algo a lamentar é isso. Mas de qualquer forma, queria saber a opinião de quem foi – não de quem ficou no Twitter ou no Facebook acompanhando apenas por hashtags e hipérboles. Queria juntar os comentários todos num só post, por isso comentem aqui (onde também tem o vídeo com as tais primeiras três músicas do show dos caras, uma delas do disco novo, que sai em breve).

Tem mais vídeos do show no meu canal do YouTube.

Red Hot Chili Peppers ♥ Donna Summer

E esse microcover que o Red Hot fez em homenagem à Donna Summer há cinco anos?

Uma entre as várias homenagens e celebrações à rainha da disco music feitas quando ela ainda era viva – Blondie, Underwold, Plump DJs, Beyoncé e Blondie foram outros que reverenciaram a influência de Summer em suas carreiras, como seleciona o Camilo.

E eu tou terminando um textinho sobre a importância dela pra nossa história…

Tantos shows pra falar…

…tão pouco tempo pra escrever. Vi Racionais, Céu, Quarto Negro e Silva nos últimos dias, além de estar presente nos dois dias do Sónar em São Paulo, mas me falta tempo pra escrever sobre os shows (embora os vídeos que fiz já estejam todos no ar, para quem quiser assistir – tou colando uns aí embaixo). Enquanto não escrevo, linko a resenha que o Camilo fez para o ótimo festival do fim de semana, além dos textos que o Bruno fez sobre os shows do Sónar que conseguiu levar para o Circo Voador via Queremos (Mogwai, Little Dragon, James Blake e Chromeo). O Lucas também comentou sobre o show do James Blake (que perdi :-/).

 

Kill for Love, dos Chromatics, é tudo isso mesmo

Carol já vem me adulando há um tempão sobre eles (culpa do Drive), Camilo linkou há pouco e agora há pouco o disco novo dos Chromatics bateu bonito, disparando como melhor candidato a disco do ano até agora. Dá uma sacada.

Heliopsicodelia

Olha a entortada que o Pedro Zopelar dá em “Sun”, do Caribou.

Caceta. Vi no Camilo.

Criolo no National Geographic

A música nova do Criolo é jingle de um programa de TV a cabo.

Nada contra (quer dizer, fora o fato da música ser fraca), mas será que ele coloca no disco, como os Mutantes fizeram? Vi no Camilo.