Zero Theorem: a volta de Terry Gilliam à ficção científica

zero-theorem

Um programador obcecado pelo sentido da vida em um mundo orwelliano caricato. Parece Brazil – O Filme. Mas Zero Theorem, o novo filme de Terry Gilliam, que finalmente volta à ficção científica, parece ir além da fábula que o diretor nos mostrou nos anos 80. A começar pelo protagonista pouco carismático e essencialmente metódico vivido pelo austríaco Christoph Waltz (o gênio que faz o Coronel Landa em Bastardos Inglórios e o Dr. Schulz de Django Livre).

zero-theorem-poster

O filme só foi exibido no festival de Veneza e chega aos cinemas norte-americanos só no final do ano – ou seja, só em 2014 no Brasil. Mas valerá à pena esperar, olha só o trailer…

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Paulo Diógenes disse:

    Uou, parece ducaralho…

  2. Bruno Maia disse:

    Passou no Festival do Rio mes passado. Pessoalmente, gostei bastante. Gilliam, dessa vez, diferentemente de Brazil, pinta com cores fortes um futuro ultra tecnologico e decadente para falar, essencialmente, do presente. O Radiohead aparece em versao Nouvelle Vague. hehehe Sem spoilers, ja que da pra ouvir no trailer.

  3. Lucius disse:

    O Waltz não é austríaco?

  4. YCK disse:

    Eu ainda estou tentando absorver o Brazil inteiro. Toda vez que eu assisto, vejo um detalhe de cenário novo, uma referência na fala. A última vez que eu assisti eu descobri que tem o Robert De Niro no filme, que sempre me pareceu um ator francês desconhecido.

  5. Iuri disse:

    Só uma correção: Christoph Waltz é austríaco, na verdade.

    Abs

  6. Angelo Capozzoli disse:

    Bem-vindo de volta, Terry Gilliam!

  7. Diego Moretto disse:

    Eu vi no Festival do Rio e realmente é imperdível. Muita referência e um cuidado com a direção de arte como sempre, exemplar.