Wado ao vivo

wado2018

Completando dezessete anos de carreira neste ano, o compositor e cantor Wado decidiu capturar um balanço de sua carreira em um show gravado ao vivo que será lançado na próxima sexta-feira. Ao Vivo no Rex reúne catorze faixas e depoimentos de amigos e parceiros, como Zeca Baleiro, André Abujamra, Curumin, entre outros, além da participação de Otto em uma das músicas. Nascido em Santa Catarina e morador das Alagoas desde antes da virada do século, Wado é um dos principais nomes da nova música brasileira e aproveita o registro ao vivo como uma entressafra entre seu disco mais recente (Ivete, em que pesquisava as células de ritmo da axé music) e o próximo álbum (um disco de sambas, que ainda vai ser gravado). A capa e a ordem das músicas está embaixo, logo após o papo que tive com ele sobre este novo momento de sua carreira.

Como surgiu a ideia de gravar um disco ao vivo?

Como você idealizou o show? Por que escolheu o Rex?

Como foi a escolha do repertório? E as participações especiais?

Qual balanço de sua carreira até aqui que você faz a partir deste disco?

Como você vê a atual fase da música brasileira?

Há algum novo trabalho em andamento?

wado-vivo

“Sexo”
“Um Passo à Frente”
“Sotaque”
“Estrada”
“Alabama”
“Filhos de Gandhi”
“Terra Santa”
“Com a Ponta dos Dedos”
“Rosa”
“Crua” (participação de Otto)
“Surdos de Escolas de Samba”
“Tarja Preta/Fafá”
“Cidade Grande”
“Fortalece Aí”

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Fernando Coelho disse:

    Morador das Alagoas desde os anos 1980, né?