Vintedez: Yorick e Zuckerberg


Primeira novidade: finalmente botamos no ar o primeiro Vintedez, sucessor do Comentando Lost que eu e Ronaldo viemos bolando nos últimos seis meses. Segue a mesma lógica do podcast sobre a série, com a exceção da mecânica: em vez de você sincronizar com algum filme, disco ou livro, basta dar play no MP3 aí embaixo e nos juntar a quase uma hora de papo furado sobre o que vier na telha dos dois. Tentamos definir o papo entre “cultura pop” e “comportamento”, mas vocês sabem que esses termos fazem mais sentido em páginas de jornal e de revistas do que na vida real. Para dar algum senso de identidade ao programa (completamente ad lib), foco o título do conversê nos dois assuntos que trouxemos à mesa – a série em quadrinhos Y: The Last Man e o filme A Rede Social -, mas não espere que falemos profundamente sobre estes temas nem outros específicos. O lance é deixar o papo rolar e as idéias fluírem. Quem ouvir, verá.


Ronaldo Evangelista & Alexandre Matias – “Vintedez #0001 (MP3)

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Pedro disse:

    SIM SIM SIMMMMMMMMMM!!!!!

    Só uma pergunta (pedido). Não dá para colocar em formato RSS como o vida fodona, para que eu possa dar subscribe via iTunes ???

  2. Heheh, que legal! Assim como os Comentando LOST, ótima trilha sonora pra uma tarde de trabalho :¬)

    -Impressionante como parece que o LOST tem a ver com TUDO que se fala de cultura pop. Esse podcast novo não é mais sobre a série, mas parece que a qualquer momento vocês vão desandar a falar da série de novo!

    -Os anos 2000 foram foda pras HQs mesmo, até pras mainstream – só de ser a década que viu surgir os Ultimates já qualificaria como Era de Ouro. Jogando Chris Ware, Asterios Polyp e Charles Burns na mistura, então… O Grant Morrison diz que as HQs têm ciclos de excelência e lixo se alternando a cada 10 anos. Os anos 80 foram sensacionais, os 90 foram aquele lixo e os 00 foram essa beleza – dá pra aplicar isso nas décadas anteriores também. Lógico q essa teoria dele tem lá seus furos, mas faz sentido. Aliás, ele foi dos primeiros caras mainstream a ir atrás dessa coisa de creator-owned material. Mark Millar e Warren Ellis são fiéis seguidores do careca e levaram essa coisa prá frente.

  3. PH Peixoto disse:

    curti, bem legal. aguardo os próximos. abs

  4. Nolli disse:

    Seria legal poder passar isso pro Ipod!!! Rola???