Scissor Sisters 2010

Não duvide se o Scissor Sisters vierem com um discaço por aí – e as dicas aparecem nos detalhes. O novo single, chamado “Invisible Light”, mostra que a banda assumiu que pode sair do truque do falsete Bee Gees rumo a voos mais pretensiosos. Com seis minutos, a faixa que encerra Night Work – que será lançado no final de junho deste ano – é a prova de que o casamento com o produtor Stuart Price deu certo. Produtor de quase tudo da Madonna pós-“Hung Up”, o pé dos Killers na eletrônica e dono de projetos como Zoot Woman e Les Rhytmes Digitales, Price fez com que os Sisters deixassem o lado one-hit-wonder em segundo plano e deu-lhes maturidade e densidade cujo segredo pode ser desvendado com a participação do ator Ian McKellen no single. O ator que dá vida ao Magneto dos X-Men declama uma longa fala sobre “painted whores, sexual gladiators, fiercely old party children all wake from their slumber to debut the bacchanal” num tom que remete diretamente ao discurso de Vincent Price em “Thriller”. E se o single de Michael Jackson buscava um ator clássico de terror para dar o clima adequado a um clipe de zumbis, o dos Sisters parece se escorar em McKellen para fazer a ponte entre a decadência do Império Romano e a disco music. Parece besteira, mas se as condições de temperatura e pressão forem as certas, eles podem mudar de patamar.


Scissor Sisters – “Invisible Light

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. chris disse:

    E o que Stuart Price bota a mão que não dá certo não é? Esse cara tem um feeling para escolher o direcionamento de cada trabalho e cada banda de uma maneira tão individual; mas ao mesmo tempo tão “plugado” nas movimentações culturais mundiais……ele é muito bala!

  2. Rodrigo disse:

    Invisible Light não é o novo single. O novo single, ainda para ser lançado, é “Fire”.

  1. 06/10/2010

    […] Scissor Sisters – “Invisible Light” […]

  2. 20/10/2010

    […] Scissor Sisters – “Invisible Light” […]