31.dez.2017Feliz 2018! E não se esqueça: só melhora!

17 de 2017: 9) Centro do Rock

092017-centrodorock

O Centro do Rock foi um desafio autoproposto: o Centro Cultural mantinha, desde os anos 90, o mês de julho dedicado a shows de rock e resolvi reinventar o antigo Sintonia do Rock para rever o porquê do gênero ter se tornado tão conservador e careta. A minha surpresa foi perceber que o rock – força-motriz de pelo menos cinco gerações – ainda segue vivo, importante e subversivo, mesmo que não se apresente mais como tal: hardcore, psicodelia, metal, noise, pós-rock, glam, blues rock, punk… Não importa o rótulo, mas o rock sobrevive sem precisar dizer que é parente daquele filhote de blues e country que abalou o planeta há sessenta anos – provocando e causando da mesma forma que nos anos anteriores. O nome do novo Sintonia do Rock é do Cadão – e combinou perfeitamente com a proposta que havia pensado sobre este novo mês.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *