TV Serge Gainsbourg – Parte 12

, por Alexandre Matias


Gainsbourg incitando o público de um show em Strasbourg a cantar o hino nacional francês, “La Marseillaise”, em 1980

Em sua última década de vida, Serge Gainsbourgh abraçou mais uma nova mudança – após tornar-se um dos maiores ícones da música pop francesa, decidiu-se inconscientemente ir além da música e ser apenas pop. Para isso, remodelou sua própria personalidade para uma mídia perfeita para essa transformação: a televisão. Tornou-se um dos nomes mais conhecidos – e festejados – pelo público francês em programas vespertinos sobre futilidades, assumindo o papel de misógino, bêbado e inconseqüente que haviam lhe impingido. Reinventou até o próprio nome, surgindo como Gainsbarre – nome que tem origem num trocadilho em francês de sua música “Ecce Homo” -, um artista estritamente midiático. Este novo personagem deu origem a momentos incríveis da história do pop francês, que iam desde piadas grosseiras sendo contadas em programas familiares (vale ver o vídeo nem que você não entenda francês – só o constrangimento do apresentador já vale)…

…ou queimando dinheiro na TV para reclamar dos impostos que o governo lhe cobrava…

…ou dizendo, em inglês, que queria trepar com Whitney Houston, na cara dela…

…ou aparecendo num leilão para comprar o manuscrito original do hino francês (e provar que não estava difamando a peça ao cantar “Aux arms etc.” – comprou o original para mostrar que o “etc.” estava na primeira versão da letra).

…ou brigando com outros convidados em programas de TV…

…ou fazendo o papel do pai insuportável num clipe pop adolescente qualquer…


Julien Clerc – “Coeur de rocker”

…ou num comercial de TV (único exemplar que encontrei no YouTube – Gainsbourg fez inúmeros comerciais durante os anos 80).


Propaganda da Konica

Tags: , , , , ,

Um comentário para “TV Serge Gainsbourg – Parte 12

  1. Omar disse:

    Não sei se você viu, mas saiu uma entrevista legal com a Jane Birkin ontem no “Mais!”.

Comentários fechados.