Hoje no Prata da Casa: Os Sertões

, por Alexandre Matias

E hoje é o último Prata da Casa com a minha curadoria. No ano que vem, teremos a Mostra Prata da Casa 2012, com os melhores da minha gestão de clima. A atração final é o grupo Os Sertões e pra quem ainda não sabe: os ingressos começam a ser distribuídos às 20h e show começa uma hora depois, na choperia do Sesc Pompéia. Abaixo, o texto que escrevi pro projeto. Foi altos :~~~~~~

Clayton Barros, um dos fundadores do Cordel do Fogo Encantado, era quem fazia a ponte entre os hinos religiososo-existenciais de Lirinha e a percussão explosiva do grupo, usando seu violão de forma percussiva e rítmica para dar tons musicais à catarse musical vinda do interior do Pernambuco. Em sua nova banda, Os Sertões, Clayton explora as virtudes mais tradicionais do instrumento – melodia e harmonia surgem em primeiro plano na medida em que o grupo encarna um sentimento menestrel, andarinho e contador de histórias típico do Nordeste brasileiro, que encontra parentescos com a obra de Luiz Gonzaga, Ariano Suassuna, Quinteto Violado e – por que não? – Raul Seixas. O peso do rock é percebido desde a capa de seu primeiro disco, A Idade dos Metais, que homenageia o clássico Sgt. Pepper’s dos Beatles e apresenta-se como uma espécie de continuação da obra do Cordel, ainda na fronteira da cultura escrita e da oral, mas menos elemental, mais ampla mas sem perder o tom épico e pesado – e conta com versões do grupo para Les Baxter e Zé Ramalho.

Tags: , ,

Um comentário para “Hoje no Prata da Casa: Os Sertões

  1. Daniel Araujo disse:

    Olha, haters gonna hate, mas a verdade é que o Cordel do Fogo Encantado era muito muito foda. Aliás, os haters só gonna hate porque nunca foram em um daqueles shows destruidores do Cordel. Muitos desses shows, inclusive, rolaram na choperia do Sesc.

    Só de saber que tem o Clayton Barros – eu nem imaginava que ele tinha essa banda nova – já deu a maior pilha de ir nesse show. Mas acho que agora até já terminou…

Comentários fechados.