Varanda 2023: “Uma chave pro incerto ser mais certo”


(Foto: Yan Gabriel/Divulgação)

Olha o Varanda vindo de novo: depois do ótimo single “Gostei“, o grupo de Juiz de Fora lança seu novo single, “Vontade”, que será lançado nesta terça-feira, em primeira mão aqui no Trabalho Sujo (ouça abaixo). “Tanto ‘Gostei’ quanto ‘Vontade’ são musicas que tocamos nos shows faz muito tempo e decidimos usá-las como singles pré-disco, que esperamos que saia no ano que vêm”, me explica por email o guitarrista Mario Lorenzi, que compõe o grupo ao lado de Composta por Amélia do Carmo (voz), Augusto Vargas (baixo e voz) e Bernardo Merhy (bateria). Mario explica que a base da música foi gravada ao vivo e aos poucos eles foram acrescentando guitarras e vozes. “Ela mostra o lado mais ‘banda’ da Varanda, representa mais o que é nosso show ao vivo” – quem já assistiu (o primeiro show deles em São Paulo foi no Inferninho Trabalho Sujo) sabe o que ele quer dizer.

Ouça abaixo:  

Completamente avarandados

Nem vou entrar em detalhes sobre o calor da pishteenha que eu e Fran aquecemos nessa madrugada porque quem tá frequentando o Inferninho Trabalho Sujo tá vendo que nosso trabalho é sério e não deixa ninguém parado, mas é preciso deixar registrado a explosão de energia que foi o primeiro show da banda mineira Varanda em São Paulo. Habitando aquele lugar impreciso entre o rock clássico e a MPB, o quarteto está pronto e em ponto de bala para conquistar palcos Brasil afora, com o trio instrumental formado pelo baixista Augusto Vargas, o baterista Bernardo Merhy e o guitarrista Mario Lorenzi entrelaçado o suficiente para permitir que sua vocalista, a apaixonante Amélia do Carmo, conquiste o público sem parecer que está se esforçando pra fazer isso. E além de dar aquele tchauzinho para o Sidney Magal (numa versão intensa para “Meu Sangue Ferve por Você”)) o grupo encerrou a apresentação convidando Laura Lavieri para juntar-se a eles nos vocais do primeiro single, a contagiante “Gostei”. Terminaram sem fazer bis e fazendo todo mundo se perguntar quando é o próximo.

Assista aqui:  

Inferninho Trabalho Sujo apresenta Varanda

Mais uma festa no Picles e desta vez o Inferninho Trabalho Sujo recebe a presença da banda mineira Varanda, em sua primeira apresentação em São Paulo – e quem for vai lembrar-se deste momento, acredite. Mais festa minha com banda tocando ao vivo no sobrado-resistência no coração daquele bairro canteiro de obras que vai se tornar um novo Itaim – e quem chegar até às 21h não paga pra entrar. Depois do Varanda, mais uma vez eu e a querida Francesca Ribeiro derretemos quadris e corações com hits pra ninguém ficar parado – e você sabe que ninguém fica! O Picles fica na Cardeal, 1838, e – de novo – quem chegar até às 21h não paga pra entrar (quem chegar depois, paga R$ 25). Simbora!

“Gostei” do Varanda

“Sim, cê acertou, eu gostei”, assim a carismática Amélia do Carmo nos apresenta à nova cara da banda mineira Varanda, ela que é parte crucial deste novo momento, uma vez que assumiu os vocais do grupo de Juiz de Fora há menos de um ano. “Gostei”, que o quarteto de Juiz de Fora lança nesta sexta-feira (e antecipa em primeira mão para o Trabalho Sujo), é o primeiro passo dessa transformação. “É o primeiro single da banda comigo nos vocais”, continua Amélia, “entrei pra banda no fim do ano passado e esse é um trabalho de apresentação, digamos que mais formal, com arranjos de banda completa”, explica a nova vocalista, que cantou no segundo EP da banda, lançado no começo do ano com versões acústicas de músicas que já haviam sido lançadas no disco anterior com a vocalista original. Paula Mendes. Assista abaixo o clipe da música: