Vida Fodona #736: Sessão de descarrego

Pra espantar esse inverno mental.

Ouça aqui.  

Vida Fodona #725: Let’s rock

Aquela dose de energia…

Ouça aqui.  

Vida Fodona #600: DC

vf600

Tipo disco do Led.

Lana Del Rey – “Season Of The Witch”
Clash – “The Right Profile”
Sleater-Kinney – “Can I Go On”
Do Amor – “Planeta Fome”
Karina Buhr – “Amora”
Jards Macalé – “Limite”
Juliana Perdigão – “Só o Sol”
Billie Eilish – “My Strange Addiction”
Thom Yorke – “Runwayaway”
Hot Chip – “Melody of Love”
Theophilus London + Tame Impala – “Only You”
Gilberto Gil – “Tempo Rei”
Pato Fu – “O Processo Da Criação Vai De 10 Até 100 Mil”
Of Montreal – “Plastis Wafers”
Silver Jews – “People”

Sleater-Kinney 2019: “My desire is contagious”

sk2019

Com a saída da baterista Janet Weiss, o grupo norte-americano Sleater-Kinney agora é uma dupla formada pelas guitarristas e vocalistas Carrie Brownstein e Corin Tucker e lança o disco produzido por St. Vincent, The Center Won’t Hold, este mês. Abaixo, a capa e a ordem das músicas, além de mais um single liberado antes do lançamento, “Can I Go On” – é o terceiro, depois de “Hurry On Home” e “The Future Is Here“.

sleater-kinney-the-center-wont-hold

“The Center Won’t Hold”
“Hurry On Home”
“Reach Out”
“Can I Go On”
“Restless”
“Ruins”
“Love”
“Bad Dance”
“The Future Is Here”
“The Dog/The Body”
“Broken”

O disco pode ser comprado antecipadamente aqui.

Vida Fodona #591: Tentar fazer uma coisa diferente

vf591

Maio passou.

Emicida + Dona Onete + Jé Santiago + Papilion – “Eminência Parda”
Lana Del Rey – “Doin’ Time”
Hot Chip – “Melody of Love”
Mark Ronson + Camila Cabello – “Find U Again”
Chemical Brothers – “Gravity Drops”
Alessandra Leão + Sapopemba – “Vamos, Meu Mestre”
China + Bel Puã – “Moinhos de Tempo”
Black Alien – “Take Ten”
Djonga – “Leal”
Billie Eilish – “My Strange Addiction”
Sleater Kinney – “Hurry On Home”
Pin Ups – “Spinning”
Boogarins – “Desandar”
O Terno – “Pra Sempre Será”
Solange Knowles – “Sound of Rain”
Giovani Cidreira – “Pode Me Odiar”
Sophia Chablau + Uma Enorme Perda de Tempo – “Idas e Vindas do Amor”

Sleater-Kinney 2019: “You got me used to loving you”

sk-2019

O Sleater-Kinney, melhor trio feminino do rock norte-americano, está prestes a lançar o disco que foi produzido pela St. Vincent, The Center Won’t Hold, e começa a mostrar o rumo que o encontro foi ao mostrar a primeira faixa, “Hurry On Home”, que, de quebra, ainda tem um clipe dirigido pela Miranda July.

Sensacional.

Sleater-Kinney produzidas pela St. Vincent

sleater-kinney-st-vincent

Que notícia foda pra começar o ano! Tanto o mítico power trio punk dos anos 90 Sleater-Kinney quanto a maravilhosa guitarrista St. Vincent deram a notícia por suas respectivas contas no Twitter que esta última irá produzir o novo disco das primeiras.

É o primeiro álbum das Sleater-Kinney desde No Cities to Love, que marcou a volta delas em 2015 depois de quase uma década fora da ativa. “Sempre planejamos voltar ao estúdio – era só uma questão de quando. Se há um princípio geral para este disco, é que as ferramentas que estávamos usando se provaram inadequadas. Então fomos procurar novas, tanto metaforicamente quanto literalmente”, disse a guitarrista Carrie Brownstein ao site da NPR. Ou seja: St. Vincent irá entortar timbres e riffs do trio feminino mais foda do rock norte-americano. E ela já dava pistas de sua aproximação com elas quando publicou, há um ano, um vídeo fazendo uma versão da canção do grupo “Modern Girl”.

Courtney Barnett: “I come up here for perception and clarity”

courtney-barnett-elevator

Nossa querida Courtneyzinha transforma um lamento sobre o sentido da vida confundido com tentativa de suicídio em uma oportunidade de estar com seus amigos e compadres ao estilo Saturday Night Live – e assim o clipe de sua “Elevator Operator” é um desfile de participações especiais que incluem o trio Sleater-Kinney e o líder do Wilco Jeff Tweedy como personalidades mais conhecidas, mas também inclui uma série de nomes famosos em sua terra-natal Austrália mas semidesconhecidos (ou simplesmente anônimos) para o resto do mundo. Gostei de ver que ela chamou os líderes de duas bandas de seu país que eu acompanhei em momentos distintos da vida: o Tim Rogers da banda You Am I (fãs de Big Star podem ir atrás) e o Vincent Vendetta do Midnight Juggernauts (minha banda favorita da cena dance local que deu ao mundo nomes como Cut Copy, Miami Horror, Bag Raiders e Van She).

Abaixo, a lista das participações especiais em ordem de aparição, como ela mesma colocou na descrição do clipe:

Sleater-Kinney
Glory! Bangs
Courtney Barnett
Bones Sloane & Dave Mudie
Magda Szubanski
Tim Rogers
The Finks
Tweedy
The Drones
Garret & Will Huxley, Gabi Barton
Sunny Leunig
Vincent Juggernaut
Tain Stangret
Izzi Goldman and John
Nicholas & Thea Jones
Batpiss
Loose Tooth
Camp Cope
Jo Syme (Big Scary)
East Brunswick All Girls Choir
Paul Kelly
Michael Leunig
Meaghan Weiley, Jess Tyler, Thommy Taranto (Milk! Records)
Jen Cloher
Fraser A. Gorman
Ouch My Face
Marni Kornhauser & Radar Rad

Os 75 melhores discos de 2015: 41) Sleater-Kinney – No Cities to Love

41-sk

Retomando uma conversa que ficou parada no meio.

Portlandia ♥ B-52’s

sleater-kinney-fred-armisen

Fred Armisen, que faz dupla com a guitarrista do Sleater-Kinney ‎Carrie Brownstein no seriado Portlandia junta-se à banda para celebrar o clássico “Rock Lobster”, dos B-52’s, no show que o trio fez em Nova York no domingo. Que incrível.

De outro ângulo.

Que banda. Que bandas!