Como foi a terceira Noite Trabalho Sujo, com as meninas do Batom Vermelho

E as meninas do Batom Vermelho fizeram bonito na sexta passada – mais fotos aí embaixo e no Flickr da Helena. E nessa sexta tem a última Noite Trabalho Sujo do ano, quem vai?

 

Noites Trabalho Sujo apresenta Batom Vermelho

É a terceira noite Trabalho Sujo, uma sexta-feira antes do verão, mas o clima já está na temperatura certa – e para animar a festa, chamei as três Batom Vermelho (Camila, Giovana e Renata) para assumir a discotecagem da pista nessa sexta lá no Alberta. Se você não tem idéia do que elas podem aprontar, basta dar uma sacada na mixtape que fizeram pra essa noite. Vambora? Mais coordenadas no site do Alberta ou na página do evento do Feice – e dá pra mandar nomes pra lista de desconto até às 20h da sexta, no email [email protected]. E quem tocará na última festa do ano? Semana que vem eu digo…

On the run 106: Ha-ha, por Batom Vermelho

Renata, Giovana e Camis assumem os CDJs na terceira Noite Trabalho Sujo, nessa sexta no Alberta, e dão um aperitivo do que vão fazer essa noite…

Ha-ha, por Batom Vermelho (MP3)

Blondie – “Heart of Glass”
Madonna – “Into the Groove”
Bangles – “Walk Like an Egyptian”
Desireless – “Voyage Voyage”
Depeche Mode – “Enjoy the Silence”
Pixies – “Here Comes Your Man”
Cure – “In Between Days”
Smiths – “Ask”
Clash – “Police and Thieves”
David Bowie – “Suffragette City”
Ramones – “Sheena is a Punk Rocker”

Dr. Dog no Brasil esse ano, vamo aê?

Sigo com a campanha, desta vez com a ilustre presença da Renata, que viu show dos caras na gringa. Fala Renata:

Dr. Dog é uma das minhas bandas favoritas. No mundo. Por isso, decidi aderir, com o coração cheio de esperança, a campanha do Matias.

Em 2008 eu tive a sorte de ver um show deles em Chicago, em um dos palcos do Lollapalooza montado perto de um barranco cheio de árvores no Grant Park.

Não sei se foi toda aquela “vibe festival”, com o pessoal vendo o show tomando sorvete em um daqueles dias ensolarados sem nenhuma nuvenzinha no céu, mas a experiência foi incrível. E linda.

Foram 14 músicas em pouco mais de uma hora e o show foi cheio de hits. Bom, pelo menos pra mim. É por essa e outras que faço aqui meu pedido por um show do Dr. Dog no Brasil. E pode ser em qualquer lugar – desde que eles toquem “Today”.

Ha-ha.

Tudo o que você precisa saber para se dar bem na noite paulistana (e não tinha para quem perguntar)

Por Renata e Camila.