Eis o Cthulhu!

lovecraft-country-poster

Lovecraft Country, a nova série de Jordan Peele e J.J. Abrams inspirada na mitologia do escritor de horror H.P. Lovecraft, libera seu último trailer e começa a mostrar seus monstros – especificamente de Cthulhu, o deus supremo deste universo maligno, que finalmente vemos seus tentáculos na tela.

Lovecraft Country estreia dia 16 de agosto, na HBO.

J.J. Abrams e Jordan Peele visitam H.P. Lovecraft juntos!

lovecraft_country

Sem avisar nada, a HBO lançou apenas um teaser do seriado Lovecraft Country, anunciando-o para agosto. A série junta nomes de peso na produção – nada menos que J.J. Abrams e Jordan Peele – para afundar-se na mitologia do mestre do horror H.P. Lovecraft, cujas histórias giravam em torno do mito Cthulhu, uma divindade maligna que se alimenta de dor e sofrimento humano. A série ganha um apelo extra – principalmente por incluir Peele, mais conhecido pelos atordoantes filmes Corra! e Nós – ao se inspirar no livro de mesmo nome do escritor norte-americano Matt Ruff, que traçava paralelos desconcertantes entre as metáforas de horror do autor e seu declarado racismo.

Pode ser uma jornada perturbadora – e ainda tem Michael K. Williams (o Omar de The Wire) no elenco.

Guillermo Del Toro, Pacific Rim 2 e as Montanhas da Loucura de Lovecraft!

mountains-of-madness

Em uma recente entrevista ao blog SpeakEasy, do Wall Street Journal, o diretor Guillermo Del Toro deu dicas de como será a continuação de seu fantástico Pacific Rim:

“O que já dá pra contar: Zak (Penn, roteirista) e eu nos envolvemos e começamos a ficar trocando idéias entre nós e Travis (Beachman, também roteirista) há um ano e meio. E eu disse para o Zak para continuar tendo idéias até encontrarmos uma que realmente vire o filme do avesso, por assim dizer (…) É difícil imaginar um mundo que não venha de um quadrinho, que tenha sua própria mitologia, por isso tivemos que sacrificar muitos aspectos para conseguir colocar tudo no primeiro filme. Como, por exemplo, o “drift” (a conexão neurológica que precisa ser realizada entre os dois pilotos dos robôs gigantes, os jaegers), que era um conceito interessante. E um portal rasgou o tecido de nosso universo, que ferramentas eles estavam usando? Então chegamos a uma idéia bem interessante. Não quero estragar, mas acho que no final do segundo filme as pessoas vão entender que os dois filmes se sustentam sozinhos. Eles são bem diferentes um do outro, mesmo que, esperamos, tragam o mesmo espetáculo feliz gigantesco. Mas o tom dos dois filmes será bem diferente.”

Na mesma entrevista, Del Toro falou de outro velho projeto seu – levar As Montanhas da Loucura, do mestre do horror pulp H.P. Lovecraft, para a telona:

“Esse é o filme que eu realmente quero fazer algum dia, ele ainda é caro e ainda… Acho que do jeito que os filmes classificados como sendo adequados para maiores de 13 anos têm se tornado mais flexíveis, acho que poderemos deixá-lo com essa classificação, mas eu vou lutar para deixá-lo o mais horripilante que eu consiga mas sem ser tão gráfico. Há basicamente uma ou duas cenas no livro que as pessoas não se lembram que são bem gráficas. Como, por exemplo, a autópsia feita pelos aliens em um ser humano, que é uma cena muito chocante. Mas acho que dá pra achar maneiras de filmá-la. Veremos. É certamente uma possibilidade no futuro. A Legendary estava disposta a bancá-lo a um tempo atrás, por isso sei que eles amam o roteiro. Veremos. Espero que aconteça. Certamente é um dos filmes que eu mais quero fazer.”

E o entrevistador perguntou ao diretor se havia a possibilidade de haver uma conexão entre Pacific Rim e As Montanhas da Loucura – afinal, o vilão do universo de Lovecraft também é um monstro de uma outra dimensão. Del Toro riu e disse que não.

Tintin encontra H.P. Lovecraft

Que delírio essas aventuras fictícias de Tintin no universo do criador do monstrengo Cthulhuh. Invenção do designer inglês Murray Groat.