Billie Eilish 2024: “Hit Me Hard and Soft”

Hit Me Hard and Soft é o nome do terceiro disco de Billie Eilish que ela acaba de revelar pelo Instagram em caps lóki. O disco sai no dia 17 de maio e não há nenhuma novidade sobre primeiro single, nome das músicas ou participações especiais, mas deve ser questão de tempo pra que isso aconteça.

Veja abaixo:  

Billie Eilish 2024: “I try to live in black and white but I’m so blue”

Depois de tornar-se a pessoa mais jovem a ganhar dois prêmios no Oscar (pelas canções “No Time to Die” do filme de James Bond, 007 – Sem Tempo para Morrer e “What Was I Made For?”, que ela fez para o filme Barbie), Billie Eilish parece estar contando os dias para lançar seu terceiro álbum – e como no lançamento do disco anterior, está usando suas redes sociais para chamar atenção dos fãs. Primeiro ela pintou de azul seu avatar no Instagram e nessa sexta-feira pegou a todos de surpresa ao incluir seus 110 milhões de fãs no círculo “closed friends” reservado apenas para seus melhores amigos – causando surpresa a todos os fãs que viram o ícone de sua conta aparecendo com um círculo verde na sua linha de stories, como se você pudesse estar dentro dos poucos que seguem a cantora mais de perto.

A estratégia deu certo e em 24 horas ela ganhou seis milhões de novos fãs, que começaram a receber mensagens cifradas indicando possíveis novidades a caminho, desde uma nova tatuagem da cantora em seu quadril quanto a trecho de uma música que ela só tocou em shows antes do sucesso mundial, que os fãs mais antigos conhecem como “True Blue”. Agora uma série de outdoors começam a aparecer em Los Angeles, Nova York, Sydney e Londres trazendo frases, como “I try to live in black and white but I’m so blue”, para as ruas dessas cidades, e provocando curiosidade nos fãs que esperam ansiosos pelo novo disco.

Essa mesma frase surgiu em outro stories, que ela publicou neste sábado, cantando a letra em si, veja abaixo:  

Vida Fodona #755: Sempre volto

Retomando o ritmo…

Ouça aqui.  

2021 consolida que a música pop é feminina

Em mais uma colaboração para o site da CNN Brasil, contei como as mulheres dominaram a música pop nas últimas décadas, culminando num 2021 completamente feminino, dominado por Adele, Billie Eilish, Lorde, Lana Del Rey, Taylor Swift, Olivia Rodrigo, entre outras.  

Vida Fodona #748: Plena madrugada

Tinha que sair… 

Ouça aqui.  

Vida Fodona #745: Semana puxada adiante

Vai ser bom demais.

Ouça aqui.  

Vida Fodona #743: Semana começou ensolarada

Vamos lá…

Ouça aqui.  

Vida Fodona #739: Vamo na manha

Agora que o sol saiu…

Ouça aqui.  

Vida Fodona #738: Bem tranquilo

Tá frio mas vai que esquenta.

Ouça aqui.  

Vida Fodona #737: Tá frio, tá quente

Vem aqui comigo.

Ouça aqui.