Altos Massa: O Brasil vale a pena?

Mais uma vez os jogos olímpicos puxam o tema do Altos Massa da vez, mas em vez de falarmos do esporte, resolvemos dissecar o patriotismo, este último recurso dos covardes que sempre, nestes momentos, nos comove. Mas dá para torcer a favor do Brasil neste momento em que parece que o país prefere o suicídio como nação a evoluir para um novo estágio ou esta nova fase já começou e foi justamente isso que acionou esta era de trevas? Eu e Pablo Miyazawa decidimos cruzar esta fronteira.

Assista aqui.  

Altos Massa: Por que o esporte é tão importante?

Resolvemos tirar nossa pecha de gente de humanas e aproveitar o gancho olímpico para falar de nossa vida atlética! Sim, Altos Massa nos esportes – eu e Pablo Miyazawa conversamos sobre como as atividades físicas entraram em nossas vidas e como, mesmo na contramão do clichê que diz que jornalista não se exercita, mantemos nossa saúde também à base de muito esforço.

Assista aqui.  

Altos Massa: Como é a vida pós-vacina?

À medida em que as pessoas começam a ser vacinadas, eu e Pablo Miyazawa dedicamos um Altos Massa ao momento da imunização para falar deste processo como fenômeno pop, examinando a etiqueta e os hábitos que estão ligados a este momento – e será que já dá para pensar em como seria o mundo depois do coronavírus? Será que estamos começando a sentir o gostinho dessa mudança?

Assista aqui.  

Altos Massa: O conflito de gerações é cringe?

A partir da discussão sobre “cringe”, eu e Pablo Miyazawa resolvemos mergulhar no conflito de gerações, quando, a cada quinze ou vinte anos, um grupo etário se sobrepõe sobre outro, colocando em xeque tendências, referências, gírias e outros desdobramentos comportamentais. As mídias digitais – especialmente a internet – foram um elemento determinante nas gerações mais recentes, assunto que também discutimos no decorrer deste programa.

Assista aqui.  

Polimatias + Altos Massa: Metafísica uma hora dessas?

Em mais um mashup de programas, chamei o Pablo Miyazawa e a Polly Sjobon para transformar o Altos Massa num Polimatias e vice-versa – e neste encontro épico, por sugestão da Polly, conversamos sobre a filosofia do nosso dia-a-dia, a problematização existencial básica, os devaneios que temos sobre nós mesmos, nossa autoterapia contínua. O papo foi longe…

Assista aqui.  

Altos Massa: Você se apega demais às coisas?

Apegar-se ao passado é meio natural do ser humano, mas e manter objetos e coisas que te lembram de épocas determinadas na sua vida é saudável? O quanto acumular vestígios de nossas vidas nos ajuda a entender quem somos nós, mas também tornam um fardo pesado para carregarmos – e será que esse fardo é a gente mesmo? Mais um Altos Massa nostálgico e existencialista em que eu e Pablo falamos sobre o acúmulo dessas coisas em nossas vidas.

Assista aqui.  

Altos Massa: A importância do alto astral

Tanto eu quanto Pablo Miyazawa primamos por olhar o copo sempre cheio, mas isso não é otimismo de almanaque nem uma forma good vibes de fugir dos problemas, e sim um jeito de encarar a vida. Falamos sobre nosso apreço pelas boas novas e como mudamos pessoal e profissionalmente para conseguir levar esses dias – e o resto da vida – sem tantas carga negativa.

Assista aqui.  

Altos Massa: Altas sobras – takes, outtakes & bloopers

De tempos em tempos, eu e Pablo Miyazawa catamos as sobras de vários programas antigos e reunimos neste formato Altas Sobras – papos que não tinham a ver com os contextos dos assuntos dos programas originais, mas que funcionam mesmo sem essas referências. Por isso tome papos sobre Além da Imaginação, Britney Spears x Xuxa, quando Pablo tirou tarô, Hollywood Rocks do passado, o fim do CBGB’s, continuações e prequels de filmes, reboots e remakes, a dublê-aranha do Exorcista, o punk de butique, rodas gigantes em festivais deste século, o bingo virtual para o natal e várias outras conversas fiadas.

Assista aqui.  

Altos Massa: Você tem raiva de quê?

Essa semana pesada obrigou eu e Pablo Miyazawa a pensar no papel que a raiva vem exercendo neste dia-a-dia pandêmico, que mistura frustração, apatia, medo e tristeza com sentimentos que nem conseguimos nomear. O fato é que a raiva pode ter sua função neste momento tão crítico – embora o mais importante seja saber como lidar com ela de forma a não extravasá-la sobre quem não tem a menor culpa disso.

Assista aqui.  

Altos Massa: A estabilidade é uma ilusão?

Empregos, relacionamentos, endereços, círculos sociais, referências culturais… Nos apegamos a estados passageiros dando a eles uma sensação de perenidade que é fictícia, pois o que chamamos de normalidade é uma construção psicológica. O Altos Massa desta vez mergulha fundo em uma condição que muitos almejam e supõem vivê-la, mas que, como tudo na vida, é transitório e finito. Como viver com a sensação de que não existe estabilidade nenhuma?

Assista aqui.