Vintedez: Mulatu, Ornette e Freaks & Geeks


Continuamos nosso logo papo sobre o sentido da vida, o universo e o que comer na hora do almoço com uma novidade considerável: música! Testamos uma trilha sonora neste terceiro Vintedez e funcionou melhor do que imaginávamos. Outra novidade é que abandonamos o computador para as gravações, usando o bom e velho gravador de voz para registrar nossa falta do que fazer (isso quer dizer que o Vintedez agora é móvel). E, no papo de hoje, falamos sobre o disco novo do Mulatu Astatke, do show do Ornette Coleman e da série Freaks & Geeks, entre muitos outros parênteses e hyperlinks citados no andar da carruagem.


Ronaldo Evangelista & Alexandre Matias – “Vintedez #0003 (MP3)

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Doc Lee disse:

    O volume da música ficou um pouco alto, mas no mais tá fodão!

  2. Fra disse:

    Freaks e Geeks é uma das melhores coisas…

  3. Bruno disse:

    Melhor edição até agora. O uso de um gravador no lugar do computador deixou o som bem mais “crocante” e toda a cacofonia de fundo criada por sons indecifráveis bem como o já conhecido barulho de trânsito deixaram tudo bem lo-fi. Matias total Mojica na introdução, rolou até risadinha macabra. O mais impressionante foi saber que a música de fundo (pelo menos logo no início) era do Mulatu Astatqé, pensei que fosse Bernard Hermann, que depois se tornou Yusef Lateef tocando “Love Theme from Spartacus” (ref. http://youtu.be/BhqQFs7huwU). Não é atoa que o nome do disco é Mulatu Steps Ahead.

    Ronaldo bem mais solto e falando com mais propriedade (coisa que não aconteceu nos outros últimos dois).

  4. PT disse:

    Tem uma hora que a trilha fica meio alta, hein?

  5. Este vintedez foi o melhor até aqui! Os assuntos não pareciam muito atrativos, mas o papo foi bacaníssimo. Música de fundo foi ótima idéia.

    Única coisa estranha foi esse jabá no final, prá algum comentário aleatório no post do OH WAIT!

  6. carolina disse:

    o james franco também foi revelado no “freaks and geeks”. e o jason segel, de “eu te amo, cara” e do seriado “how i met your mother”.