Rafael Campos da Rocha com graça

O “jornal do futuro” esqueceu de publicar em sua versão online ao cartum que o Rafael Campos da Rocha reagia à descrição que eu fazia de seu trabalho num post natalino do fim do ano passado (essa eu curti, Rafael, ficou engraçado). Tive de esperar a publicação no blog do artista para não ter que reproduzi-la numa foto tirada com celular (Helô até sugeriu tirar foto com Instagram, mas eu sou menino, uso Android). Irônico esse lapso acontecer na edição em que o caderno que publica a polêmica sobre o livro do Nicholas Carr, que outro Rafael, o Cabral, entrevistou no Link no ano passado (e também publicamos o artigo de Steven Pinker citado no texto do caderno da “concorrenssa”).

Você pode gostar...

9 Resultados

  1. Lvcivs disse:

    Quem não tem instagram, caça com picplz.

  2. Ei Mathias, ele é Rafael Campos Rocha e não da Rocha. Já chamou o coitado de cabeça…

  3. Ueh, e tu q escreve meu nome com H? ahahahahahaha 😛

  4. Nossa, é mesmo, tá feia a situação hahahaha

  5. Janara Lopes disse:

    As vezes eu me confundo porque você escreve como pensa e linka um acontecimento no outro que linka ao outro e eu me perco, rs.

  6. rafael é mesmo um polêmico. hahahahahaha
    e eu tô devendo as fotos da exposição dele até agora. rezo pra que ele não veja esse comentário ;D

  7. Geo disse:

    “sou menino, uso Android” <3

    daria uma boa camiseta.

  8. hahahaha! boa Matias! falei que ia dar piada!

  9. ESSE eh o espirito 😀