O preço das passagens de ônibus e a “revolução de Facebook” nas ruas do Brasil

movimentopasselivre

Um grande ato contra o aumento da passagem de ônibus pode transformar uma série de manifestações pelo Brasil em algo ainda maior. Os representantes do Movimento Passe Livre (a foto acima saiu do evento no Facebook organizado por eles) escrevem sobre isso na Folha de hoje:

O modelo de transporte coletivo baseado em concessões para exploração privada e cobrança de tarifa está esgotado. E continuará em crise enquanto o deslocamento urbano seguir a lógica da mercadoria, oposta à noção de direito fundamental para todas e todos.

Essa lógica, cujo norte é o lucro, leva as empresas, com a conivência do poder público, a aumentar repetidamente as tarifas. O aumento faz com que mais usuários do sistema deixem de usá-lo, e, com menos passageiros, as empresas aplicam novos reajustes.

(…)

A discrepância entre o custo do sistema e o quanto, como e quando se cobra por ele evidenciam que as decisões devem estar no campo político, não técnico. É uma questão de escolha: se nossa sociedade decidir que sim, o transporte é um direito e deve estar disponível a todos, sem distinção ou tarifa, então ela achará meios para tal. Isso parcialmente foi feito com a saúde e a educação. Mas sem transporte público, o cidadão vê seu acesso a essas áreas fundamentais limitado. Alguém acharia certo um aluno pagar uma tarifa qualquer antes de entrar em sala de aula? Ou para ser atendido em um posto de saúde?

Haddad não pode fugir de sua responsabilidade e se esconder atrás do bilhete mensal, proposta que beneficiará poucos usuários e aumentará em mais de 50% o subsídio que poderia ser revertido para reduzir a tarifa.

A demanda popular imediata é a revogação do aumento, e é nesses termos que qualquer diálogo deve ser estabelecido. A população já conquistou a revogação do aumento da tarifa em Natal, Porto Alegre e Goiânia. Falta São Paulo.

Eis alguns dos atos confirmados para hoje à tarde no Brasil (uma compilação feita pelo Idelber Avelar.

São Paulo – https://www.facebook.com/events/310051482462587/
Porto Alegre – https://www.facebook.com/events/183882525105139/
Santarém – https://www.facebook.com/events/409783819137155/
Rio de Janeiro – https://www.facebook.com/events/150033615181667/
Santos – https://www.facebook.com/events/135933803276168/
Natal – https://www.facebook.com/events/406311496150883/
Maceió – https://www.facebook.com/events/1389023891309085/
São Carlos – https://www.facebook.com/events/348538915271802/
Sorocaba – http://www.facebook.com/events/163976900441238/

Volto em breve a esse assunto, porque ele não vai parar logo…

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. 13/06/2013

    […] e polícia na Avenida Paulista e o assunto abordado pelo sociólogo espanhol tinha tudo a ver com a reivindicação que se repete hoje – tanto que é o meu assunto na minha coluna no site da […]

  2. 13/06/2013

    […] como a foto com a placa do carro que atropelou alguns cidadaos que faziam parte do protesto. O blog Trabalho Sujo cita ainda matéria na Folha de hoje, mostrando que os protestos contra o aumento da passagem podem […]

  3. 13/06/2013

    […] A manifestação de hoje não está fácil. […]