Glicose na veia

Pop cariocaço como não se ouve desde que Lulu Santos fez a abertura da Malhação, “Não é Proibido”, a nova da Marisa Monte, é um hit bomba-relógio, uma baladinha jovem guarda esperando o momento certo pra explodir, com duplo sentido explícito, que pode associar as variedades de açúcar tanto às possibilidades de expansão psicotrópica (a faixa remete imediatamente à explanação que a própria Marisa fez, em seu primeiro disco, do conteúdo ilícito dos doces que Tim Maia listava em “Chocolate”) quanto a experiências sexuais diversas (“venha comigo…”, sei). Mas falta alguém dar um trato esperto, um remix à Mark Ronson (o remix do Deeplick até vai por aí, com o sax grave surrupiado de “Dancing in the Streets“, mas ainda não acertou na veia), para tirar a chanteuse de seu universo particular e soltá-la na pista. O sol do verão 2009 vem aos poucos aparecendo…


Marisa Monte – “Não é Proibido


Marisa Monte – “Não é Proibido (Deeplick Remix)

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Lvcivs disse:

    Em bom resumo, falta um remix do Memê…

  2. Bruno disse:

    Se eu não ouvir essa música nunca mais terá sido cedo demais.

    Abs,

  3. Bruno disse:

    É engraçado que a Vanessa da Mata é constantemente acusada de copiar a Marisa, mas no caso desse imenso baleiro que se tornou as músicas das duas, Vanessa veio bem antes, com “PIrraça” (http://www.youtube.com/watch?v=0TZTw-5wlmE).

    Sem falar na relação com o Deeplick, inciada por Vanessa, com “Ai, ai, ai”.

    Abs,

  4. Julio disse:

    a música é deliciosa mesmo, ‘hit’ na Oi FM já faz uns bons meses