Crua e delicada

angelolsen20

Angel Olsen mostra mais uma música do disco-cara-metade do melhor disco do ano passado, o exuberante All Mirrors. E depois de mostrar a faixa-título deste novo trabalho, Whole New Mess, ela vem com outra inédita, a celestial “Waving, Smiling”.

Ela aproveitou para liberar uma versão ao vivo da mesma música, gravada no Masonic Temple na cidade de Asheville, nos EUA, em uma de suas lives pagas que tem feito sob o título de Cosmic Streams.

O curioso é que ela ainda não mostrou nenhuma versão de nenhuma faixa já conhecida por All Mirrors. Whole New Mess é a segunda versão para um mesmo repertório que a cantora norte-americana composto desde o fantástico My Woman, de 2016. Ela até cogitou lançar um disco duplo, mostrando as duas faces que pensava para este conjunto de músicas, um mais suntuoso e chique, outro mais cru e delicado. Ela optou por lançar a versão opulenta no ano passado, cravando o álbum no topo da minha lista pessoal de melhores discos de 2019 e agora revisita o mesmo repertório em outro ambiente, gravado em uma igreja, só com ela tocando guitarra e violão. Mas como ela não mostrou nenhuma música que já conhecíamos, apenas determinou o parâmetro musical do novo disco, mostrando que trará toda uma nova profundidade a uma obra irrepreensível. O disco sai na semana que vem e já está em pré-venda.

Você pode gostar...