Criolo 2017: “Meninos mimados não podem reger a nação”

menino-mimado

Criolo arqueia a sobrancelha para olhar no olho do sujeito que descreve em sua nova “Menino Mimado”. Mas o ar de ameaça (“Então pare de correr na esteira e vá correr na rua”, “Este abismo social requer atenção”, “Pois quem não vive em verdade, meu bem, flutua nas ilusões da mente de um louco qualquer”, “Eu não quero viver assim, mastigar desilusão”) dissipa-se ao som do violão, do tamborim, do violão de sete cordas, do pandeiro, da cuíca, do sax, do surdo e do trombone que o acompanham. Não é um dedo na cara, é só um toque, numa boa, na sincera:

É também um recadinho pro presidente postiço e todos os novos aspirantes a líderes que surgem por aí. Será que o próximo disco do Criolo está prestes a ser lançado? Será que o tom é mais político e pesado que o normal? Ou será um disco específico dedicado ao samba? De qualquer forma, eis uma voz a ser ouvida em 2017.

criolo-2017

A produção, mais uma vez, é do Marcelo Cabral com o Ganjaman e a música pode ser baixada no site do Criolo.

Você pode gostar...