Bandersnatch não é a quinta temporada de Black Mirror

Bandersnatchposter

Bandersnatch, o recém-lançado filme interativo do seriado distópico Black Mirror, não é o equivalente à quinta temporada da série e sim um aperitivo de como pode funcionar sua próxima safra de episódios, que serão lançados ainda em 2019, como confirmou o serviço Netflix à revista Ars Tecnica. Lançado de surpresa na última sexta-feira, o filme permite que se tome uma série de decisões diferentes à medida em que sua história vai se desenvolvendo.

Como os velhos jogos de RPG ou quadrinhos do Almanaque Disney, você tem diferentes finais a cada decisão diferente que você toma em relação ao personagem principal – mas é seu metarroteiro (que faz com que o espectador sinta-se tão preso a escolhas fixas e simplistas quanto o próprio protagonista do filme) que torna sua viagem tão eficaz – principalmente por colocar nos anos 80 o início desta realidade alternativa que tanto se parece com a nossa. Ao ser bem executado no longa metragem, este aspecto de jogo pode ser aplicado nos próximos episódios de Black Mirror, fazendo o seriado ir para um inusitado lado menos pessimista, que é o tom característico da série. “Estamos fazendo histórias e episódios mais otimistas, mais do que os distópicos e negativos”, disse o criador e produtor da série Charlie Brooker ao New York Times. “Queremos manter o programa interessante para nós”.

Não há mais nenhuma outra informação sobre a próxima temporada da série, mas a cantora pop Miley Cyrus já contou que participará de um episódio.

Você pode gostar...