Vingadores pós-punk

marvel-billy-butcher-siouxsie-

Depois de fantasiar heróis de umas melhores eras da música pop com os trajes da DC, o curitibano Butcher Billy agora volta-se para os alter egos da Marvel, saca só:

marvel-billy-butcher-billy-idol

marvel-billy-butcher-pil

marvel-billy-butcher-smiths

marvel-billy-butcher-gary-numan

marvel-billy-butcher-siouxsie

marvel-billy-butcher-noturno

marvel-billy-butcher-devo

marvel-billy-butcher-homem-aranha

marvel-billy-butcher-homem-aranha-

Um deus solitário

Belhoula-Amir-Batman

Belhoula-Amir-Wolverine

Belhoula-Amir-Superman

Chama-se A Lonely God essa série de pinturas do ilustrador francês Belhoula Amir, também conhecido como Cosmosnail. Aí embaixo tem mais:

Continue

O Wolverine de Grampá

Rafael Grampá aproveitou que a Marvel liberou toda Strange Tales online pra publicar a íntegra de sua participação na revista, quando transformou Wolverine num lutador de rinha. Num post em seu blog, ele comenta como desenvolveu sua história com o mutante e traduz página a página de seu conto:

Comecei a pensar sobre o tal fator de cura, o principal poder mutante de Wolverine. Fui pesquisar como um ser humano normal se cura e a quantidade de substâncias que o organismo libera para aliviar a dor e cicatrizar uma ferida, pois eu não lembrava de mais nada do que eu havia aprendido na escola. Quando o corpo se fere, ele automaticamente libera endorfina e encefalina -entre outras substâncias- que são neurotransmissores, substâncias químicas produzidas e ultilizadas pelos neurônios na comunicação do sistema nervoso. Esses dois neurotransmissores, além de aliviarem a dor, também estão ligados as sensações de euforia e prazer. Um corte superficial pode levar uma semana para se curar e um mais profundo, um mês ou mais, dependendo das variáveis. Agora imaginem um organismo que pode curar uma ferida muito profunda em minutos. Imaginem a quantidade de endorfina e ecefalina que seus neurônios vão produzir. É como se você tomasse uma dose cavalar de morfina -que é uma substância natural extraída do ópio e que imita as funçõs desses neurotransmissores orgânicos- toda vez que houvesse um arranhão. Wolverine é um personagem que tem garras que saem do interior dos seus antebraços. Sempre que ele desembainha essas garras, ele provoca lesões em si mesmo, pois as garras rasgam as peles entre seus dedos -ou parte de cima das mãos- que logo cicatrizam. Imagino que se ele fizer isso uma vez por dia, em um mês seus neurônios estariam completamente viciados, pois esses neurotransmissores podem viciar os neurônios. E mais: assim que o organismo estivesse viciado, a atividade de se ferir estaria ligada ao prazer e isso também começaria a liberar dopamina, que é o neurotransmissor que a cocaína libera quando ingerida. Ou seja, não é a cocaína que vicia e sim a dopamina. Minha conclusão foi meio óbvia a partir disso: Depois de anos e anos se ferindo e se curando, o organismo de Wolverine estaria completamente viciado nesse processo e necessitaria de algo para curar o tempo inteiro. Seu “instinto selvagem” na verdade seria apenas abstinência e isso o levaria a procurar confusão por qualquer motivo -o que é uma grande característica do personagem- só para se machucar. Isso também explicaria a razão de um sujeito truculento como Logan ter decidido entrar para os X-men, por exemplo. Para um viciado em cocaína, não importa que tipo de festa ele vai, nem a roupa que vai precisar usar para entrar, só importa se vai ter a droga. Para Logan, a mesma coisa. Ele viu naquele grupo de moleques irritantes a oportunidade de poder se machucar bastante, enfrentando vilões que estariam afim de matá-lo o tempo todo, mesmo tendo que aguentá-los e ter que usar aquele uniforme amarelo. Gente querendo matá-lo+ferimentos gravíssimos=prazer sem limites. Mais um detalhe: esse vício daria a Logan o cacoete de estar o tempo todo desembainhando suas garras quando não tivesse mais nada para machucá-lo.

Ele continua lá em seu site.

Frances Bean Cobain, 18 anos

E por falar em 1992, você deve lembrar do bebê espremido no meio do clássico casal abaixo, né…

Poizintão: Frances Bean deixou de ser uma adolescente gordinha

E às vésperas de completar dezenove anos (nesse mês) foi fotografada por Hedi Slimane, em seu blog.

Tem mais fotos lá no site dele.

Wolverine e Homem-Aranha concordam

Marvel via Grampá

Ficou sinistro. Vi lá no Flickr dele.

Tesoura! Tesoura! Tesoura!

Do Fuck Yeah Dementia!, via Annix.

The Big Picture

Outra imagem pra clicar e ver ampliada: é o mapa da Goon City, uma cidade desenhada na proporção isométrica num projeto do designer Ryan Allen e do povo do fórum Something Awful para salvar a essência da pixel art. Mas melhor do que ampliar a imagem acima é entrar no saite criado para hospedar a cidade virtual e navegar por seus milhões de detalhes. No meio dá pra encontrar a família Dinossauro, fases do Super Mario, um tabuleiro de xadrez humano, o comissário Gordon chamando o Batman, um boquete, o jipe dos Thundercats, Godzilla, a caixa forte do Tio Patinhas, a DeLorean de Marty McFly, Hunter Thompson, a torre Eiffel, um tabuleiro de Banco Imobiliário, o Campo Minado, um show do Rick Astley – e outro do Daft Punk -, King Kong, uma Apple Store, o tabuleiro de Tron, uma filial da Dundler Mifflin, um complexo militar, a mulher de 20 pés, naves do Guerra nas Estrelas, uma pirâmide, um concurso de sósias do Wally, uma casa sitiada pela Swat, um cubo mágico, o grupo vocal do Homer cantando em cima do bar do Moe, a nave do Wall-E, um parque temático Doom, o Tick, Wolverine, um disco voador, a fortaleza da solidão, a Estrela da Morte transformada em cassino, Space Invaders, o Castelo de Greyskull, Pac Man, Muppets, os Beatles, a casa da Família Adams, South Park e Planet Express. Para entrar na Goon City, clique aqui.