Vida Fodona #721: E aí, como é que você tá?

Chega mais…

Ouça aqui. Continue

Vida Fodona #716: Vou acelerar esse processo

Mudança de estação…

Ouça aqui. Continue

As 75 melhores músicas de 2020: 25) Megan Thee Stallion + Beyoncé – “Savage Remix”

“Acting stupid, what’s happening?”

Canta, James Blake

O cantor e compositor inglês James Blake dedica-se à sua faceta como intérprete, que exerceu em diversos momentos desta quarentena, apresentando o EP Covers, que traz versões para Billie Eilish (“When the Party’s Over”), Stevie Wonder (“Never Dreamed You’d Leave in Summer”), Joy Division (“Atmosphere”), Frank Ocean (“Godspeed”) e Roberta Flack (“The First Time Ever I Saw Your Face”), além de uma versão para “When We’re Older”, da trilha sonora do filme Black is King, que Beyoncé lençou no meio deste ano e que Blake batizou de “Otherside”.

Coisa fina.

Vida Fodona #696: Festa-Solo (7.12.2020)

Deu vontade de fazer um Festa-Solo nesse começo de semana e assim liguei minha Alpha FM do futuro…

Radiohead – “Jigsaw Falling Into Place”
Billie Eilish – “My Future”
Daft Punk + Todd Edwards – “Fragments of Time”
Daryl Hall & John Oates – “Kiss On My List”
Elis Regina – “Bicho do Mato”
Céu – “Nada Irreal”
Bob Marley & The Wailers – “So Much Things to Say”
Bonsucesso Samba Clube – “Pensei Se Há”
Gabriel Muzak – “Tropical Sound System”
BNegão & Os Seletores de Frequência – “V.V.”
Curumin – “Vem Menina”
Isaac Hayes – “Never Can Say Goodbye”
Kali Uchis – “Aguardiente y Limón %ᵕ‿‿ᵕ%”
Frank Ocean + Beyoncé – “Pink + White”
Jesus & Mary Chain – “Just Like Honey”
Cure – “Lullaby”
Doors – “Love Street”
Erasmo Carlos – “Grilos”
Ava Rocha – “Transeunte Coração”
Serge Gainsbourg – “La Ballade De Melody Nelson”
Rolling Stones – “Under My Thumb”
Queens of the Stone Age – “Make it Wit Chu”
Weyes Blood – “Wild Time”
Angel Olsen – “Spring”

Vida Fodona #665: Ao vivo sem público

vf665

E não necessariamente na pista de dança…

BNegão & Os Seletores de Frequência – “Enxugando Gelo”
Cícero – “Às Luzes”
Fiona Apple – “Relay”
Àiyé – “Pulmão”
Fujiya & Miyagi – “Minestrone”
Peaking Lights – “EVP”
Jessy Lanza – “Lick in Heaven”
Yma – “Pequenos Rios”
Delgados – “Everything Goes Around the Water”
Lucas Santtana & Seleção Natural – “Deixa o Sol Bater”
Disclosure – “Ecstasy”
Classixx – “What’s Wrong With That”
Letrux – “Salve Poseidon”
Chromeo – “Clorox Wipe”
Sister Sledge – “We Are Family”
Frank Ocean + Beyoncé – “Pink + White”
Sexy-Fi – “Pequeno Dicionario das Ruas”

Vida Fodona #659: Festa-Solo Extra (24.7.2020)

vf659

Vida Fodona ao vivo numa sexta-feira? Sim, às 21h, no twitch.tv/trabalhosujo – e dá pra ouvir logo depois que a festa acabar… agora.

Arctic Monkeys – “Snap Out of It”
Deerhunter – “Breaker”
Angel Olsen – “Shut Up Kiss Me”
My Bloody Valentine – “New You”
Tame Impala – “Feels Like We Only Go Backwards”
Som Imaginário – “Cenouras”
Supercordas – “Ipupiara”
Mopho – “A Geladeira”
Boogarins – “Lucifernandis”
Mutantes – “Preciso Urgentemente Encontrar um Amigo”
Walter Franco – “Feito Gente”
Moby – “Honey”
Kanye West – “Goldigger”
Erasure – “Stop!”
Metronomy – “Love Letters (Soulwax Remix)”
Missy Elliott – “Lose Control”
Duffy – “Mercy”
Apples in Stereo – “Elevator”
Arcade Fire – “Afterlife”
Far East Movement – “Like A G6”
Chromeo – “Fancy Footwork”
Radiohead – “Idioteque”
Pulp – “Disco 2000”
Blur – “Girls & Boys”
Elastica – “Line Up”
Pink Floyd – “Interstellar Overdrive”
Roxy Music – “Love Is The Drug (Todd Terje Disco Dub)”
Lorde – “Royals (Tambozão Edit)”
Nego do Borel + Anitta + Wesley Safadão – “Você Partiu Meu Coração”
Anitta – “Paradinha”
Luis Fonsi + Daddy Yankee – “Despacito”
Justin Bieber – “Sorry (Pagode Remix)”
M.I.A. – “Paper Planes”
Rihanna – “Consideration”
Beyoncé – “Hold Up”
Katy Perry + Juicy J – “Dark Horse”
Santana + Rob Thomas – “Smooth”
Maroon 5 – “This Love”
Daniel Merriweather + Mark Ronson – “Stop Me”
Led Zeppelin – “Dancing Days”
Haim – “If I Could Change Your Mind”
Lauryn Hill – “Doo Wop (That Thing)”
TLC – “No Scrubs”
Taylor Swift – “Style”
Stevie Wonder – “I Wish”
Red Hot Chili Peppers – “Suck My Kiss”
Outkast – “Roses”
Modjo – “Lady (Hear Me Tonight)”
Michael Jackson – “Billie Jean”
Meghan Trainor – “All About That Bass”
Marvin Gaye & Tammi Terrell – “Ain’t No Mountain High Enough”
Wilco – “Someone to Lose”
Queen – “Don’t Stop Me Now”
Olivia Tremor Control – “Jumping Fences”
Nirvana – “Love Buzz”
Jamie xx + Young Thug + Popcaan- “I Know There’s Gonna Be (Good Times)”
Hanson – “Mmmbop”
Maglore – “Me Deixa Legal”
Paralamas do Sucesso – “Selvagem”
Céu – “Minhas Bics”
Rita Lee – “Tititi”
Metrô – “Cenas Obscenas”
Glue Trip – “Elbow Pain”
Lana Del Rey – “Ultraviolence”
Air – “Playground Love”
Negro Leo – “Outra Cidade”

“Você não pode usar uma coroa se abaixa a cabeça”

beyonce

Beyoncé lança mais um teaser de seu filme Black is King, que estreia no fim do mês, apontando para o afrofuturismo, vertente da ficção científica que ressignifica conceitos narrativos do gênero a partir do ponto de vista africano. O filme ainda terá participações de Jay-Z, Kelly Rowland, Naomi Campbell, Lupita Nyong’o e Pharrell Williams, entre outros.

Épico é pouco. O filme estreia no serviço de streaming da Disney (que ainda não funciona no Brasil) no dia 31 de julho, mas provavelmente estará nos torrents da vida no dia seguinte…

Black-Is-King

Lá vem a Beyoncé…

beyonce-2020

Parecia mesmo que “Black Parade” não era um single isolado: a mulher mais importante da música pop atualmente acaba de anunciar que irá lançar um novo vídeo-álbum. Black is King será mostrado pela primeira vez no último dia de julho, exclusivamente no canal de streaming Disney Plus, um longa metragem escrito, produzido e dirigido por Beyoncé. O álbum conversa com a trilha sonora que ela fez ano passado para o remake do desenho animado Rei Leão, chamada The Gift, e ela deu um breve aperitivo do que esperar em um clipe de um minuto em seu site.

Tomara que ela não repita o vacilo de prender o novo álbum à plataforma de seu marido, Jay-Z, o que acabou restringindo o alcance de seu Lemonade.

Beyoncé começa a se mexer…

blackparade

Mesmo sem lançar nada desde seu clássico instantâneo Lemonade – o disco que considero o mais importante da década passada -, Beyoncé vem aos poucos mostrando que não vai ficar quieta em 2020, principalmente levando em conta o clima tenso em que seu país se encontra desde a morte de George Floyd por um policial. Ela foi uma das primeiras artistas a se pronunciar publicamente sobre a tragédia e suas consequências para os EUA, deu um belo discurso na iniciativa Dear Class of 2020 organizada pelo casal Obama e agora lança “Black Parade”, o primeiro single em mais de meia década, sincronizado com a comemoração do 19 de junho, a data do fim da escravidão nos EUA, conhecida pelo apelido de “Juneteenth” (misturando o nome do mês e o número do dia nesta nova palavra).

A deliciosa faixa não é um hit dedo na cara como ela fez quando lançou “Formation”, mas embala tradições negras que vão da música africana à Jamaica, passando pelo R&B e pelo trap, e a rainha Bey desliza seus versos com o apoio de um irresistível coral. É inevitável associar à versão cinematográfica para o filme Rei Leão que ela fez com ano passado com a Disney. Será que vem mais algo por aí…?