Garotas Suecas 2013: “Entro no carro e uma fita de reggae começa a tocar”

, por Alexandre Matias

garotas-suecas

Sempre acompanhei o trabalho dos Garotas Suecas à distância, sem muito afinco, mas com alguma admiração. A banda nunca havia me chamado atenção por suas composições e sim por manter uma atitude firme e coerente em relação ao seu próprio tamanho e espaço. Nunca forçaram a barra para correr atrás do hype da vez, não precisaram de polêmicas para chamar atenção, sempre mantiveram-se fiéis à equação tropicalista que os pariu, de tratar samba, funk e rock como se fossem uma mesma linguagem, mais do que primos distantes. Seu Escaldante Banda, de 2010, não tinha nenhum hit instantâneo ou música de destaque e chamava mais atenção por soar completo como álbum, mais do que um apanhado de canções.

Três anos depois, eles surgem com este Feras Míticas.

garotas-suecas-feras-miticas

E é nítido que o corpo deste novo disco é resultado da constância de um trabalho e da paixão pela própria musicalidade. Os Garotas ainda seguem seu credo musical à risca, mas ao contrário dos Mutantes, inspiração direta e talvez a influência mais nítida no trabalho do grupo, não desequilibrou para um dos gêneros à medida em que foi amadurecendo. Enquanto os irmãos Dias Baptista e Rita Lee foram evoluindo musicalmente, aos poucos foram deixando os ritmos dançantes em segundo plano, enfatizando sua sonoridade no rock (ênfase que, no fim da carreira, expulsou Rita para fora da banda e transformou o ícone tropicalista em uma banda prog), os Garotas Suecas aprofundam-se nas diferentes áreas. Mas em vez de compor um disco pra cima e sorridente, como a junção do funk com o samba parece presumir, fizeram um disco mais sossegado e contemplativo. “Bucolismo”, que a banda liberou para colocar no Soundcloud do Trabalho Sujo, talvez seja a melhor síntese deste nova fase da banda – que, ao contrário do que julgam pela própria letra, não é nada estranha – e sim fértil.

O disco (bem como seu antecessor) pode ser baixado inteirinho no site da banda, pode ser ouvido aí embaixo, junto com os clipes da “irresistível “A Nuvem”, gravada com a Lurdez da Luz e da infame mas grudenta “Eu Avisei Você (Eu Vou Sorrir Pra Quem é Gente Boa)”.

Logo abaixo o clipe de “A Nuvem”…

…e aqui o de “Eu Avisei Você (Eu Vou Sorrir Pra Quem é Gente Boa)”.

Discaço, ouça com atenção.

Tags: ,

2 thoughts on “Garotas Suecas 2013: “Entro no carro e uma fita de reggae começa a tocar”

  1. Silvio Vinhal disse:

    Eu achei legal. Mas fica bem claro algumas referências. Tim maia racional ficou bem claro na “bucolismo”, e “Mal secreto” do Jards Macalé na música “Manchetes da solidão” http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=B9utRQ8EGsM#t=17 não sei se vocês concordam comigo… abraço a todos

  2. marte disse:

    cara, a segunda música, new country, é uma gozada em câmera lenta

Comentários fechados.