Noites Trabalho Sujo

quem foi sabe! Tem mais fotos aí embaixo e no Flickr da Helena.

Continue

E a segunda Noite Trabalho Sujo apresenta as quatro cavaleiras do pós-Calypso: Helô, Mari, Santa e Lu vão virar o Alberta do avesso com sua mistura de clássicos do amanhã com Top TVZ. É a Awe Mariah – que é cheia de graça e você conhece o refrão! Venha se esbaldar com elas que, se elas deixarem, eu ainda dou uma palhinha… Mais coordenadas sobre a festa no site do Alberta ou na página do evento do Feice – e dá pra mandar nomes pra lista de desconto até às 20h dessa sexta, no email noitestrabalhosujo@gmail.com. Vambora?

Helô, Lu, Santa e Mari debutaram na terceira Trabalho Sujo + Veneno desse ano e fizeram bonito. Tanto que as escalei pra tocar na segunda Noite Trabalho Sujo, que acontece nessa sexta, de novo no Alberta (o evento no Feice dá as coordenadas para quem quiser ir e incluir o nome na lista de desconto). E elas fizeram a singela mixtape abaixo, dando o clima da noite de sexta pra sábado…


Awe Mariah – PIPOPOPOROPOW (MP3)

Foster the People – “Pumped up Kicks”
Ben l’Oncle Soul – “Seven Nation Army”
Ike & Tina Turner – “She came Through the Bathroom Window”
Amy Winehouse – “Valerie”
Black Keys – “Lonely Boy”
Tame Impala X Stevie Wonder – “Remember Me/Superstition”
Midi, Maxi & Efti – “Bad Bad Boys”
The Strokes – “Machu Picchu”
TLC – “No Scrubs”
Kelly Key – “Baba”
Michael Jackson – “Bad”
Lou Bega – “Mambo number 5”
Scatman John – “I’m a Scatman”
João Brasil – Michael Jackson – “Short Dick Caetano”
Art Popular – “Requebrabum”

Se você foi no Alberta sexta passada, viu que as Noites Trabalho Sujo prometem. Se você não foi, eis algumas fotos tiradas pela Helena Yoshioka (o set inteiro da festa tá no Flickr dela) e uma dica: a festa dessa sexta é com as meninas da Awe Mariah. Vai ser melhor ainda!

E como se não bastasse, mais uma novidade: a partir de hoje, as sextas do Alberta ficam a cargo deste que vos escreve. As Noites Trabalho Sujo serão dedicadas aos sets longos, a times e DJs que comandam a discotecagem como uma grande narrativa da noite, sem a pressa para tocar logo o hit da vez nem a pressão para tocar só mais duas músicas que daqui a pouco vai entrar outro DJ. Quem assina os flyers é o Claudio Silvano. Pra começar, vamos de Gente Bonita, porque faz tempo que a gente não toca um set comprido, como no início da festa, há cinco anos. Quem chegar antes das 22h não paga pra entrar e os preços ficam entre R$ 35 (na hora) e R$ 25 (com nome na lista – pra isso, mande seu nome pro email noitestrabalhosujo@gmail.com até às 18h). Vai ser foda, hein…