Brasil

Reencontro a querida Juliana de Faria, que faz um balanço de seu trabalho à frente do Think Olga (https://thinkolga.com/) e Think Eva (https://thinkeva.com.br/), dois projetos que ajudaram a disseminar a causa feminista no Brasil e a começar a fazer ruir o machismo estrutural que ancora nossa sociedade. Mas também falamos sobre como a quarentena levantou questionamentos sobre vida, trabalho, relacionamentos e arte, além de ela abrir-se sobre uma tragédia que mudou sua vida no ano passado.

Assista aqui. Continue

Mais uma vez, eu, Vladimir Cunha e Emerson Gasperin embarcamos em nossa viagem Jornalismo-Fumaça em busca do que fazer nesta época sem perspectiva que atravessamos – mas mudamos um pouco o foco pessimista nesta edição do Aparelho para falar de editoras pequenas, de fitas de VHS de skate, do fim do Little Quail, do livro novo do Massari, do festejado Torto Arado, do hardcore e do Satiricon do Petrônio e outras coisas que possam mostrar que há vida inteligente no Brasil em 2021.

Assista aqui. Continue

Mais um encontro com meus irmãos de Noites Trabalho Sujo, mais uma horinha de conversa sobre música e eu, Danilo Cabral e Luiz Pattoli puxamos trilhas sonoras como assunto. Trilhas que nos marcaram na infância, pérolas que nunca nos abandonaram, temas que todo mundo conhece e discos específicos feitos para filmes clássicos – ou não -, além de, claro, trilhas sonora de novelas. É papo que não acaba mais.

Assista aqui. Continue

Que momento! Na minha edição desta semana da meu programa de entrevistas Tudo Tanto, sobre música brasileira, tenho a enorme honra de receber o mestre Jards Macalé, que está cheio de novidades para 2021: um disco em parceria com João Donato, outro em homenagem ao centenário de Zé Kéti, outro instrumental, um festival sobre sua obra no cinema e seis shows que irá gravar ainda neste início de ano. E aproveito a oportunidade para lembrar história dos anos 60, 70, 80… até hoje.

Assista aqui. Continue

Em mais um programa dedicado a jornalismo e música, converso com o compadre Camilo Rocha, pilar da dance music brasileira, quando convergiu crítica e reportagem ao redor da então incipiente música eletrônica. Jornalista e DJ, ele trouxe o conceito de rave para o Brasil ao mesmo tempo em que abriu espaço para estes artistas pelos veículos que passou, da Bizz ao Vírgula, passando pela fundação do clássico Rrraurl, UOL, Estadão e finalmente o Nexo, onde trabalha hoje. E antecipa o livro que está terminando, com previsão de lançamento ainda para este ano.

Assista aqui. Continue

Finalmente chego ao Brasil no Rádio Trabalho Sujo, meu programa em que conto histórias sobre a história da música, e começo por uma história que pude testemunhar, quando o grupo Legião Urbana tocou pela última vez em sua cidade-natal, em Brasília, quando lançou o disco Que País é Este? – 1978-1987, no estádio Mané Garrincha, que acabou num caos generalizado após um show polêmico encerrado abruptamente. A versão em vídeo é a fita bruta que depois de editado vira um programa em áudio que estreia no Dublab Brasil na quarta, às 16h, E agora também está no Spotify.

Assista e ouça aqui. Continue

O escritor paulistano Ricardo Terto acaba de lançar seu terceiro livro, Quem é essa gente toda aqui? Internet e acessibilidade no Brasil da pandemia (Todavia), em que coloca a nova realidade digital como filtro central para entender o país em 2021. O ensaio é o ponto de partida para discutir o Brasil neste momento tão intenso, falar sobre nossa relação com as redes sociais, o meme como nova encarnação da gambiarra, a internet como solução simples e como manter o otimismo nestes dias.

Assista aqui. Continue

Conversar sobre música só não é melhor do que conversar sobre música com os amigos, e assim trago mais um Vários Artistas, programa quinzenal que chamo velhos e novos chapas para papear sobre discos, shows, músicas e todo esse universo que tanto amamos. Desta vez voltei bem no tempo quando reconecto-me com um broder de décadas atrás – Serjão Carvalho construiu sua reputação na fotografia, mas sempre foi parceiro de sons e shows, principalmente o tempo em que trabalhamos juntos nos anos 90, em Campinas, quando ele assistiu ao parto do **Trabalho Sujo**. Várias histórias!

Assista aqui. Continue

Na edição desta semana da minha coluna sobre música brasileira Tudo Tanto, resolvi bater um papo com o empresário suíço André Bourgeois, que, há vinte anos no Brasil à frente da Urban Jungle, gere a carreira de diferentes artistas como Céu, Boogarins, Otto, Edgar e Teto Preto, entre outros. Além de repassar seu histórico e sua relação com a música brasileira, também olhamos para os bastidores da música no país em tempos de pandemia – e como isso pode mudar completamente a música como a conhecemos.

Assista aqui. Continue

Conversando sobre jornalismo e música praticados neste século, desta vez chamei Bento Araújo, o senhor Poeirazine, para contar sua trajetória e falar sobre este pequeno império pessoal que ele criou no começo do século, como um fanzine impresso. Entre 2003 e 2016, a publicação pagou as contas de Bento, que embarcou em seguida em um projeto mais ousado: um livro bilíngüe sobre os 100 discos psicodélicos mais importantes do país. Lindo Sonho Delirante chega à sua terceira edição e funciona como gancho para falarmos sobre jornalismo independente, como sustentar um negócio desta natureza, a comunidade que ele criou ao seu redor, turnês pela Europa, o Poeiracast e, claro, sobre sua paixão pela música.

Assista aqui. Continue