Bom Saber

Na edição desta semana do meu programa de entrevistas, puxei Eduardo Nasi para conversar sobre cinema – e não apenas sobre filmes – e nossa relação entre a sétima arte e a quarentena. Nasi criou uma newsletter semanal recomendando filmes para toda a semana (o excelente Boletim do Meteoro, peça por email aqui) e aproveito para conversar sobre a falta das salas de cinema, a onipresença dos programas de streaming e como isso tudo tem afetado nosso comportamento.

Assista aqui. Continue

Em mais uma edição do meu programa semanal de entrevistas, convido a querida Fabiana Moraes para conversar sobre as mudanças que estão acontecendo no jornalismo brasileira. Ela, que atualmente publica no Intercept Brasil e também dá aula de sociologia, passou por alguns dos principais veículos independentes do Brasil e publicou cinco livros desenvolvidos a partir de reportagens que apurou. Aproveito para pedir que ela comente sobre seus dois próximos trabalhos, um sobre a importância da pauta no jornalismo e outro sobre como o nordeste brasileiro era visto pela geração modernista há um século.

Assista aqui. Continue

Na edição desta semana do meu programa semanal de entrevistas, conversa com a cientista da computação Nina da Hora, que mesmo sem sair da Baixada Fluminense, vem dando passos consideráveis para tornar sua área mais popular, agregando novos entusiastas à medida em que expande seus projetos, como a série Computação Sem Caô, seu canal no YouTube e seu podcast Ogunhê, dedicado a contar histórias de cientistas do continente africano. Aproveito para saber como ela conseguiu se estabelecer numa área tão branca e masculina e também sobre o instituto que ela quer fundar em Duque de Caxias.

Assista aqui. Continue

No meu programa semanal de entrevistas Bom Saber, chamei meu querido chapa Samir Salim Jr., que atualmente edita a newsletter sobre tecnologia Interfaces, para conversar sobre o estado deste mercado nesta virada do século e sobre como seu veículo começou a se estabelecer ao mesmo tempo em que criava uma forma crítica de abordar seu principal tema. Mas como o papo com o Samir sempre abre mil janelas, falamos também sobre política, jornalismo, quarentena, preconceitos brasileiros e as tecnologias do futuro.

Assista aqui. Continue

Na entrevista desta semana do Bom Saber, converso com a ativista Rebeca Lerer, que desde a juventude se envolveu com causas humanitárias e questões como o cataclisma ecológico e a legalização das drogas. Aproveito seu ponto de vista para uma visão bem cética em relação aos problemas que hoje afligem o Brasil, mas também falamos de coisas boas, como quando ela organizou uma rave na Amazônia.

Assista aqui. Continue

Na edição desta semana do meu programa semanal de entrevistas Bom Saber, tenho o prazer de receber o grande Alê Santos, que começou fazendo threads no Twitter sobre personagens e histórias afrobrasileiras pouco conhecidas do grande público em sua conta @SavageFiction , e aos poucos foi criando suas próprias histórias, que aos poucos estão virando podcasts, séries e seu primeiro livro, o romance afrofuturista O Último Ancestral, que deve ser lançado ainda este ano.

Assista aqui. Continue

Reencontro a querida Juliana de Faria, que faz um balanço de seu trabalho à frente do Think Olga e Think Eva, dois projetos que ajudaram a disseminar a causa feminista no Brasil e a começar a fazer ruir o machismo estrutural que ancora nossa sociedade. Mas também falamos sobre como a quarentena levantou questionamentos sobre vida, trabalho, relacionamentos e arte, além de ela abrir-se sobre uma tragédia que mudou sua vida no ano passado.

Assista aqui. Continue

O escritor paulistano Ricardo Terto acaba de lançar seu terceiro livro, Quem é essa gente toda aqui? Internet e acessibilidade no Brasil da pandemia (Todavia), em que coloca a nova realidade digital como filtro central para entender o país em 2021. O ensaio é o ponto de partida para discutir o Brasil neste momento tão intenso, falar sobre nossa relação com as redes sociais, o meme como nova encarnação da gambiarra, a internet como solução simples e como manter o otimismo nestes dias.

Assista aqui. Continue

Aproveito a passagem do vocalista do Fellini por São Paulo – ele que agora reside em Nova York – para conversar sobre sua estada na maior cidade dos EUA e sua relação pessoal com ela e sobre as obras que lançou nos últimos anos, os livros À Sombra dos Viadutos em Flor e Espíritos de Carros Quebrados e a caixa A Melhor Coisa Que Eu Fiz, da banda que diz ter encerrado suas atividades em 2020 (de novo?). E antecipa em primeira mão o livro que está escrevendo sobre Pelé, seu grande ídolo.

Assista aqui. Continue

Ativista, comunicador independente e empreendedor social, Raull Santiago é uma das vozes mais importantes na cena periférica brasileira, estabelecendo-se no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, como um dos grandes agitadores culturais e defensores dos direitos humanos no país. Integrante de coletivos como Papo Reto e Movimentos, ele foi fundamental na formação do Comitê de Gestão de Crise do Complexo do Alemão desde o início da pandemia, o que fez adiar o lançamento de outro projeto, a agência de comunicação Brecha que finalmente será lançada este ano. O papo inevitavelmente foi da pandemia à autogestão da favela, passando pelo vício nas redes sociais, sua trajetória desde quando começou a carregar compras na feira, educação online e mídia independente.

Assista aqui. Continue