Single

O projeto Darkside, que reúne os produtores Nicolás Jaar e Dave Harrington e fez um dos melhores discos da década passada (Psychic, de tirar o fôlego), sai de suas férias não-anunciadas e ressurge com o single “Liberty Bell”, que prenuncia um novo disco, chamado Spiral, para o primeiro semestre do ano que vem, pela gravadora Matador. E o novo single não apenas os aproxima para mais perto das canções, como tem um delicioso toque latino no final da música que dá toda um ar novo ao som da dupla.

Não custa lembrar que Jaar já lançou três discos só em 2020: dois com seu próprio nome (o introspectivo Cenizas e o multimídia Telas), além de uma segunda compilação para seus singles assinados como Against All Logic.

Com letra de Ava Rocha, Ana Franga Elétrico lança mais um single e se entrega ao hedonismo disco music Brasil na irresistível “Mulher Homem Bicho”.

Rapaz… Que sonzeira.

classixx

Lembra quando indie rock e música eletrônica caminhavam lado a lado há cerca de dez, quinze anos? O encontro entre dois grupos californianos em ascensão volta àqueles bons tempos em que a pista de dança tinha um ar dandy e o ótimo single “Weekends” é a primeira das duas colaborações entre a dupla eletrônica Classixx e o grupo indie Local Natives – aumenta o som!

A segunda colaboração, “Francesca”, sai no começo de dezembro.

Phoebe-Bridgers

A cantora indie norte-americana Phoebe Bridges twittou que se Trump perdesse a eleição para presidente este ano, ela lançaria uma versão para “Iris”, dos Goo Goo Dolls, e como promessa é dívida ei-la, num belo dueto com a cantora Maggie Rogers.

Melhor que o original, diz aí.

bodymusic

A dupla Body Music, que conta com o Rapture Vito Roccoforte na formação, põe todo mundo pra dançar com o single de “Head in the Clouds”, inspirado no mestre Roy Ayers.

Não dá pra ficar parado!

Teenage_Fanclub_2020

teenage-fanclub-endless-arcade

O clássico grupo indie escocês Teenage Fanclub mostra “Home”, single que anuncia o lançamento do primeiro álbum do grupo após a saída de Gerard Love em 2018. Endless Arcade será lançado em março do ano que vem e traz pela primeira vez a formação do grupo como um quinteto, com Norman Blake e Raymond McGinley nas guitarras e vocais, Francis MacDonald na bateria e os novatos Dave McGowan, no baixo, e Euros Childs (sim, o mesmo do Gorky’s Zygotic Mynci) nos teclados.

Amo o solo dobrado da música. Endless Arcade, cuja capa e ordem das faixas vêm abaixo, já está em pré-venda.

“Home”
“Endless Arcade”
“Warm Embrace”
“Everything is Falling Apart”
“The Sun won’t shine on me”
“Come With Me”
“In Our Dreams”
“I’m more inclined”
“Back in the Day”
“The Future”
“Living with You”
“Silent Song”

beleleu-via-embratel

O mestre Itamar Assumpção ressurge na póstuma “Beleléu Via Embratel”, faixa produzida por sua filha Anelis, que traz participações de nomes como Liniker, Vange Milliet e Tata Fernandes nos vocais de apoio, com Paulo Le Petit no baixo e Luiz Chagas na guitarra (ambos integrantes de sua clássica Isca de Polícia), Marquinho Costa na bateria e Edy Trombone no instrumento de sua alcunha. A faixa, originalmente composta para o festival MPB-Shell de 1981, nunca teve registro oficial e essa ressurreição também anuncia o tão aguardado MU.ITA, o Museu Virtual Itamar Assumpção que Anelis vem desenvolvendo e que deve ser apresentado finalmente no próximo dia 20.

Que maravilha!

Rastilho extra

kiko-habitual

Kiko Dinucci já havia mostrado “Habitual” nas versões ao vivo que fez de seu Rastilho, o ótimo segundo disco solo que lançou no início do ano. Mas só agora registra a música oficialmente, que em sua versão de estúdio conta com vocais da Ava Rocha.

Arlo-Parks-2021

Ela apareceu graças a duas versões – uma de Radiohead, acompanhando Phoebe Bridges ao piano, e outra da Billie Eilish -, mostrando sua voz e sensibilidade precisas em dois momentos diferentes no início deste semestre. E agora Arlo Parks anuncia seu primeiro álbum, programado para janeiro do ano que vem, e mostra o primeiro single, “Green Eyes”, que conta com vocais de apoio da Clairo:

Collapsed In Sunbeams chega ao público no final de janeiro de 2021 – já está em pré-venda -, a capa é a imagem acima e abaixo segue o nome e a ordem das músicas:

“Collapsed In Sunbeams”
“Hurt”
“Too Good”
“Hope”
“Caroline”
“Black Dog”
“Green Eyes”
“Just Go”
“For Violet”
“Eugene”
“Bluish”
“Portra 400”

sharon-van-etten-2020

Sharon Van Etten mostra a “Let Go”, canção que fez para o documentário Feels Good Man, que acaba de estrear na PBS norte-americana (veja o trailer aqui) e que conta a trágica história de Pepe, um sapo personagem de quadrinhos que há dez anos começou a ser utilizado como símbolo da extrema-direita. Melancólica e densa na mesma medida, “Let Go” tem várias camadas e é sua primeira composição inédita que lança desde Remind Me Tomorrow, o ótimo disco que lançou no ano passado.