Whitest Boy Alive – Rules

Com uma curta mensagem em seu MySpace, o quarteto Whitest Boy Alive fez um balanço de seus dois primeiros anos de vida e anunciou o lançamento de seu segundo disco, batizado de Rules. No novo álbum é mais perceptível a forma como o vocalista e guitarrista sueco Erlend Øye, que também é metade do Kings of Convenience, transformou a banda em seu principal veículo – deixando a dupla e sua carreira solo em segundo plano. Inicialmente eletrônico, o novo disco é uma jóia que não fica preso a um único gênero. A maioria das faixas seguem uma fórmula que mistura jazz funk dos anos 70, eletrônica minimal, bossa nova, twee e um clima meio lounge – sem nunca pender mais para um lado ou outro. O resultado é um disco pop com quase 100% de aproveitamento das canções – com refrão, groove discreto, melodia, bons arranjos e um vocal sempre agradável e ensolarado, embora seja um sol quase sueco. Muito bom.


Whitest Boy Alive – “Keep a Secret


Whitest Boy Alive – “Intentions

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Maday disse:

    Sem entrar no meritio musical, pq será q a moda agora são bandas com indies com cara de mongo ?

  2. Felipe disse:

    Se o blog fosse revista eu assinaria! Melhor blog de música/diversos disparado… Moro na Suiça.. a hora que resolver pelos festivais de verão desses lados é só dar um toque! rock im park e st gallen open air eu e minha namorada vamos de certeza. Abraço

  3. marcos disse:

    gostei mais desse que do primeiro, muito mais natural. agora, os caras do kings of convenience, principalmente o erlend, são muito gente boa. memórias do tim deles descendo do palco e ainda do pocket show na praia.

  4. Cintia disse:

    Realmente o Rules… rules! Bem superior à estreia do WBA.

    Agora, que eu saiba, o Erlend Øye é norueguês, não sueco.

    Bj!

  1. 31/01/2009

    […] Kar-Wai com Whitest Boy Alive. Postado por Alexandre Matias às 14:12 | | […]