TV Serge Gainsbourg – Parte 1

Está entrando no ar a TV Serge Gainsbourg – um apanhado de vídeos do YouTube com o cara que eu fiz enquanto afundava em sua obra. Na primeira parte, seguem seus primeiros hits. Pianista de formação clássica, Serge – que se chamava Lucien Ginsburg, originalmente – queria ser artista plástico. Mas como o pai, pianista da noite, começou a receber muitas propostas de trabalho, passou algumas para o filho que, aos poucos, foi entrando no mundo da composição e interpretação. Esses primeiros vídeos são de sua fase inicial, quando ainda compunha sob a influência da canção tradicional francesa, antes de ser atingido pelo raio da música pop, que mudou completamente sua carreira e a percepção de seu trabalho junto ao público. Na época dos vídeos abaixo, Serge era apenas mais um nome promissor da cena da margem esquerda do Rio Sena, um grupo de artistas e intelectuais que freqüentava clubes e cafés até altas horas e que, ocasionalmente, lançava discos e tocava na TV ou no rádio. Algumas músicas (mais no final) foram compostas depois de seu contato com o pop, mas ainda refletem a importância que este tipo de canção tinha em sua composição. Nada de choque, de afrontas ou escândalos – a obra de Serge ainda era comportada e, no máximo, cogitava expressões de duplo sentido. No primeiro vídeo, Juliette Greco, um dos principais nomes desta cena, canta a primeira música de Gainsbourg a ter repercussão fora desse métier.


Juliette Greco – “Les Amours Perdues”


Serge Gainsbourg – “Le poinçonneur des Lilas”


Serge Gainsbourg – “La Nuit d’Octobre”


Serge Gainsbourg – “Adieu Créature”


Serge Gainsbourg – “Du Jazz dans le Ravin”


Serge Gainsbourg – “La Chanson de Prévert”


Serge Gainsbourg – “Ce Mortel Ennui”


Serge Gainsbourg – “L’Alcool”


Serge Gainsbourg – “Elaeudanla Teïtéïa”


Serge Gainsbourg – “La Javanaise”

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. zubreu disse:

    in liove, caro matias?