Trupe Chá de Boldo: Subterrânea

trupechadeboldo-centrodaterra

Imensa satisfação em receber a hidra de treze cabeças Trupe Chá de Boldo como dona das segundas-feiras deste setembro no Centro da Terra. São quatro noites em que o grupo paulistano experimenta novas sonoridades em busca de ideias para um próximo álbum, ao mesmo tempo em que resgata suas próprias raízes nesta busca. A temporada Subterrânea, foi dividida em quatro atos: no primeiro, dia 2, eles chamam o técnico de som Eduardo Mancha, que tem o projeto Dubdubom, para o palco e revisitam o repertório da banda em versões espaciais jamaicanas, na noite batizada de Dub no Sul. No dia 9, eles celebram a arquiteta Lina Bo Bardi, com a noite As Cidades e o Desejo, que será tema de um próximo EP do grupo. Na terceira noite, dia 16, eles partem do conceito do título Cine Espacial, para fazer uma apresentação sem pausas musicais, e terminando com a noite Infernal, dia 23, quando apresenta as músicas novas que comporão o repertório de seu próximo álbum. Conversei com os integrantes da banda sobre esta temporada no Centro da Terra (mais informações aqui).

Você pode gostar...