Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. eu disse:

    Pq vc posta tanta coisa sobre essa ze-ruela? Nao pode ser que vc realmente goste…

  2. Natalia Weber disse:

    é, eu tb não consigo entender pq tem gente que goste tanto.

  3. Gustavo disse:

    Eu também gosto!

  4. Sabrina disse:

    Não entendi o porque da surpresa em alguém gostar da Mallu. Gosto pacas também.

  5. Janara Lopes disse:

    A verdade é que se eu tivesse uma talentosa e “no caminho do bem” como ela, eu acharia que fiz um bom papel como mãe. Que ela siga sempre pra frente, e pare de bancar a boba nas entrevistas, que é a única coisa que depõe contra.

  6. Leticia disse:

    Que triste…A menina comete 2 ou 3 deslizes de início de carreira e nego vai chamar eles de retardada(ou zé ruela) ou dizer q ela isso, ela aquilo, o resto da vida?! Cadê o desapego? rsrsrs. Mallu cresceu e apareceu. Tá cantando cada vez melhor, se vestindo cada vez melhor, feliz com seu amor e tocando sua tão proeminente carreira. E acho q ela vai mandar muito bem no disco novo!
    Haters are gonna hate. Fazer o que né…

  7. Kamila disse:

    A Leticia falou bonito! Estou com ela. As pessoas parecem se agarrar aos erros que a Mallu cometeu antigamente, por pura falta de experiência mesmo, e agregam a imagem dela a isso pro resto da vida. Já assistiram a outras entrevistas da Mallu desde então? Já viram o quanto que ela amadureceu? O quanto que ela está mais segura? A Mallu desabrochou e está mais talentosa do que nunca. Também acho que esse novo disco promete.

  8. YCK disse:

    Não gosto nem desgosto. Peguei umas piadas de quando ela foi no Jô, uma propaganda de celular que ela musicou e o fato dela namorar um cara já estabelecido musicalmente, apesar de tudo isso, sempre passei batido pela música.
    Estou acompanhando o blog dela e esperando o cd sair pra eu conhecê-la como deveria ter sido lá atrás e a expectativa está boa.

  9. paulo tothy disse:

    mallu tá numa fase muito linda da vida dela, e, isso é bom! e quanto aos comentários maldosos, se ela não se importa, por que eu vou me importar?