The Greatest Movie Ever Sold: “O Inception dos documentários”

De novo Morgan Spurlock teve uma idéia simples e dispôs-se a executá-la. Se em Super Size Me – A Dieta do Palhaço (não é a melhor adaptação de nome de filme para o português desde, hmm, Noivo Neurótico Noiva Nervosa?) ele se dispôs a trocar suas refeições pelas oferecidas pelo McDonald’s, em seu novo filme, The Greatest Movie Ever Sold, ele tenta vender um filme sobre publicidade para uma série de publicitários que normalmente apenas anunciam em filmes. Chamado de “o Inception dos documentários” por Jimmy Kimmel (djênio), o novo filme cutuca uma veia ainda intocada em tempos de transparência total que é a publicidade, imune ao wiki-escrutínio digital sofrido pelas indústrias da música, do cinema, da TV, dos jornais e revistas e da própria internet enquanto meio.

O final do trailer me lembra um papo de algum autor de quadrinhos (ou foi cineasta?) sobre publicidade em sonhos… Alguém lembra quem tinha falado disso?

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. felipe blanco disse:

    foi no futurama… eles implantaram propagandas nos sonhos das pessoas…
    olha aqui eu de hd externo outra vez…
    e você ainda nem contou a história do hitchcock.

  2. ISSO! E acho q o Hitchcock vai ficar pra semana q vem pq o caderno veio com mais paginas, hehehehe

  3. YCK disse:

    Conta direito a piada felipe blanco

    O Fry fala pro Bender que tem propagando no sonho dele, que responde perguntando se na época dele também não tinha. É aí que o Fry fala “não, a gente só tinha propaganda na rua, no metrô, na tv, no rádio, no jornal, nas revistas…”.

    Por falar em Futurama, alguém sabe como estão esses novos episódios na foquis?

  4. Bruno disse:

    E quem vai fazer um igualzinho sobre a Lei Rouanet / Lei do Audio Visual?

  1. 29/03/2011

    […] Quando linkei o trailer do filme novo de Morgan Spurlock, um documentário sobre publicidade sublimi…, terminei o post comentando o trecho final do trailer, em que o político norte-americano Ralph Nader comenta que o único lugar ainda imune à propaganda sejam os sonhos. E não lembrava de ter conversado sobre isso com alguém, até que o Ronaldo me lembrou que foi em uma conversa que ele voltou para um episódio de Futurama, me linkando um post velho do Merigo sobre a passagem: Se você tem medo da propaganda hoje e as vezes se sente incomodado com tamanha invasão na sua vida, espere só para ver como vai ser no futuro: publicidade veiculada dentro dos seus sonhos! […]