Tarde PJ Harvey: “Rid of Me” ao vivo em 2001

E uma vez que o Vinícius não conhece nada sobre PJ Harvey, que tal uma aulinha coletiva pro cara se inteirar? Óbvio que o primeiro download é o To Bring You My Love (alguém contesta?), mas vou aproveitar esse início de tarde para deixá-la monotemática – e isso vem bem a calhar, vou dizer.

PJ não é só a musa indie mais improvável e mais surpreendente, ela pega a fórmula de Patti Smith e aplica doses de sensualidade feminina que às vezes beiram o ridículo – sem perder o tesão. Ela sexualiza o rock de forma tão feminina – clara discípula dos Stones e de duas Kims – que transforma-se num ícone onipresente, quase uma divindade rock’n’roll – o fato de quase sempre empunhar uma guitarra não acontece por acaso.

Taí uma artista que poderia vir pro Brasil mais vezes, que enchia casas noturnas ao preço que fosse. Eu, por aqui, faço a minha parte – e até às 8, só PJ aqui no Trabalho Sujo. Se você também curte, aproveita pra sugerir umas coisas aê.

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Renato Alves disse:

    Assino em baixo tudo que você escreveu sobre a PJ Harvey.

    Eu aconselharia um Stories from the city, Stories from the sea, Dry e o próprio Rid of me.

  2. @priscilarznd disse:

    Se o primeiro download é “To Bring You My Love”, já agiliza o “Rid of Me”, que é sensacional. E coloca aí o videozinho de “A Place Called Home”, com a PJ fazendo a moça fina! 🙂

  3. trepanado disse:

    Ela e o John Parish fazendo “Is That All There Is?” da Peggy Lee! http://www.youtube.com/watch?v=9p6zgcQm0pw

  4. Eu discordo!!

    Primeiro download obrigatório é o Rid Of Me!!! Discão! E é muito recomendável não baixar o ultimo! rs.

    Valeu.

  5. Gustavo Chamone disse:

    Belo tema para essa tarde!

    Black Hearted Love não pode faltar:

    http://www.youtube.com/watch?v=IWrfLhX964I

    Abraços!

  6. guilherme disse:

    eu gosto demais do “stories from the city, stories from the sea”. e ela tocando “big exit” no jools holland é sensacional. eric drew feldman no baixo: http://www.youtube.com/watch?v=63T_GXRkk68. tem as participações dela nos desert sessions, também. e “black hearted love”, que é demais também. certo que ela podia aparecer mais por aqui, grande show aquele no TIM.

  7. joana disse:

    nossa, quando o assunto pj harvey não sei nem por onde começar…
    tem Pj harvey pra qq momento.
    agora eu diria essa:
    http://www.youtube.com/watch?v=v93nQvWAZc8

    Mas fui no show do ultimo cd com o john parish e saí bem triste… fraco…

  8. Deixa de ser grosso, porra.

  9. blogdobracin disse:

    Verdade, tem esse Desert Session com ela, não lembrava. Esse já ouvi.

    Comecei pelo “Stories from the city, Stories from the sea”. Beleza de disco. A participação do Thom Yorke eu até conhecia, mas agora prestando atenção mesmo que saquei como é bom.

  10. Paulo Henrique disse:

    a unica coisa boa dessa tal Polly Jean Harvey e as pernas ( to brincando )

  11. Cheguei tarde para as 20h, mas você começou com a fundamental. Aliás, 4-Track Demos. Não sei se alguém comentou.