Tudo Tanto #78: Kiko Dinucci

Chamei o autor do melhor disco de 2020, o grande Kiko Dinucci, para discutir a história deste seu Rastilho e sua reconexão com o violão, contando como o disco se materializou de um acidente de skate ao seu lançamento no início do ano. Falamos sobre como o disco capturou o clima da quarentena antes de ela começar, dos bastidores da primeira live deste novo momento e, inevitavelmente, da situação política e social do Brasil.

Assista aqui: Continue

Tudo Tanto #077: Bernardo Oliveira

Chamei o grande Bernardo Oliveira, um dos idealizadores do selo carioca QTV, para falar de sua trajetória como agitador cultural no Rio de Janeiro e ótima fase que o selo vem atravessando. Mas o foco da entrevista também foi, aproveitando sua formação acadêmica e seu trabalho como crítico musical, dissecar o estado da música e da cultura brasileira hoje, que remonta ao passado racista e violento do país, que neste 2020 mostrou sua cara feia. Uma longa e inspiradora aula sobre o estado das coisas no Brasil neste ano bizarro.

Tudo Tanto #076: Rodrigo Caçapa

O pernambucano Rodrigo Caçapa passou a debruçar-se na pesquisa sobre a música nordestina do último século, trabalho que acabou tomando a frente de sua obra como músico, cantor e compositor. Finalmente terminando um projeto que resgata a musicalidade naquela região do país a partir de acervos fonográficos e registros audiovisuais dos anos 20, 30 e 40, aproveito o gancho para conversar sobre o longevo preconceito em relação à música e a cultura nordestina e como esta ajudou o mercado de discos sediado no Rio de Janeiro e em São Paulo a dar passos consideráveis nesta direção – e o que era uma entrevista para o meu programa sobre música brasileiro Tudo Tanto se tornou uma pequena aula sobre a divisão do país em dois grandes polos culturais – e como um deles sempre se aproveita do outro.

Tudo Tanto #75: Karina Buhr

Karina Buhr é uma artista completa: canta, compõe, toca, escreve, pinta e se posiciona de forma veemente sobre assuntos que dizem respeito a todos – e paga um preço por isso. Baiana criada no Recife, ela é um dos principais pilares da música pernambucana contemporânea e minha convidada desta terceira edição em vídeo da coluna Tudo Tanto, que antes era publicada na revista Caros Amigos e agora ganha este novo formato. Conversamos sobre como sua carreira foi afetada pela pandemia, o que ela tem feito neste período e aproveitamos para dissecar sua carreira desde o início, antes de ela tocar no Eddie, banda que pertenceu à primeira formação, formar o Cumade Fulozinha, trabalhar com Zé Celso Martinez Correia e assumir a carreira solo ancorada por dois dos maiores guitarristas do Brasil. E enquanto ela fala sobre a própria trajetória, aproveita para falar sobre preconceitos, processo criativo, da cena contemporânea e das novidades que está planejando para o ano que vem.

Tudo Tanto #074: Tim Bernardes

Depois de dois discos reflexivos- tanto seu primeiro disco solo Recomeçar quanto o Atrás/Além de sua banda O Terno -, Tim Bernardes começou 2020 pensando em seu próximo disco solo, mas a quarentena o obrigou a voltar ao modo introspectivo que já vinha atravessando nos anos passados. Aproveitei para conversar com ele na edição desta semana do Tudo Tanto sobre o diálogo entre este 2020 e sua jornada interior recente, quando falamos sobre criação, composição e perspectiva de carreira, também a partir do ponto de vista de sua geração, num papo em que ele ainda falou de suas novas parcerias – de Gal Costa a Fleet Foxes – e de suas perspectivas de futuro.

Tudo Tanto #073: Romulo Fróes

tudotanto-01

O primeiro novo programa desta nova era no Trabalho Sujo é a transformação da minha velha coluna Tudo Tanto (que começou na falecida revista Caros Amigos e teve uma sobrevida no site Reverb), que agora é uma seção de entrevistas em vídeo. E como o mote da coluna é falar sobre música brasileira contemporânea, chamei o grande Romulo Frões para comentar sobre esta sua geração musical, uma vez que ele está se tornando um ótimo observador e crítico da contemporaneidade, como pode se visto no curso sobre música brasileira no século 21 que ele deu para o canal do YouTube do Instituto Moreira Salles. Por isso o papo é menos sobre sua carreira (embora ele conte algumas novidades, como cursos sobre fazer letras e um disco de funk!?) e mais sobre o contexto atual, contemplando as invenções do século 20, o mercado e a mídia e todo um cânone de nossa música.

Tudo Tanto #72: China

china-2019

Conversei com o cantor e compositor pernambucano China que está lançando disco novo, Manual de Sobrevivência Para Dias Mortos, o primeiro que ele grava no Recife, na edição desta semana da minha coluna Tudo Tanto lá no site Reverb – confere lá.

Tudo Tanto #70: Iconili

iconili

Conversei com os guitarristas da big bang mineira Iconili, que está lançando seu terceiro d;isco Quintais nesta semana, na edição desta semana da minha coluna Tudo Tanto no site Reverb – dá uma sacada lá.

Tudo Tanto #69: Os 1000 shows de Melvin

melvin

Na minha coluna Tudo Tanto desta semana, bati um papo com o onipresente Melvin Ribeiro, baixista do Carbona e Hill Valleys que já tocou com Autoramas, Los Hermanos e Lafayett, conta sua saga em um livro – leia lá no Reverb.

Tudo Tanto #68: Luedji Luna + DJ Nyack

luedjinyack

Ao lançar o EP Mundo, Luedji Luna desbrava a sonoridade do hip hop em uma viagem capitaneada pelo DJ Nyack, que ainda conta com as participações de Rincon Sapiência, Tássia Reis, Djonga, Stefanie MC e o MC Zudizilla. Falei com ela sobre como este disco pode estar conectado com seu próximo álbum na minha coluna Tudo Tanto desta semana – lê lá.