Noites Trabalho Sujo | 8.4.2017

nts-abril-2017

Noites Trabalho Sujo @ Trackers
Sabado, 8 de abril de 2017
A partir das 23h45
No som: Alexandre Matias, Luiz Pattoli e Danilo Cabral (Noites Trabalho Sujo), Carlos Costa (Quarto/Fresta) e Sarah Sioli e Tati Contreiras (Almost Locals) apresentando Liv Brandão
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 35 só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Os cem primeiros a chegar pagam apenas R$ 25. O preço da entrada deve ser pago em dinheiro, toda a consumação na casa é feita com cartões. Chegue cedo para evitar filas.

A contração de músculos repetidas vezes em sincronia com o pulso delimitado por frequências sonoras cíclicas envolve a consciência de uma sensação de torpor que permite acessar áreas cerebrais inativas na vida desperta. Aliadas à baixa iluminação, à frequência visual harmônica que intercala a profusão de cores à presença massiva de outros corpos em mesma sintonia, tais movimentos permitem a criação de uma massa biomática orgônica que dissemina o conhecimento e sensações entre os voluntários, provocando a ressonância transmórfica que eventualmente nos leva à telepatia, à precognição e outras variantes do que comumente nos referimos como sexto sentido, intuição ou parapsicologia. É este experimento que está sendo realizado de forma igualmente repetitiva no terceiro (ou quarto?) andar da torre de concreto localizada na esquina próxima ao Largo do Paysandu, encruzilhada energética capital na criação psíquica coletiva do mito sobre a metrópole paulistana. A cada passagem de sábado para domingo que atravessa-se coletivamente vinculado a outras cobaias deste retiro orgástico mais expande-se a consciência que diz respeito ao reconhecimento de uma escala ainda maior de realidade, sensação que aparenta-se fugaz mas que entra na escala genética a partir da fricção dos neurônios ativados neste processo. Supervisionando o laboratório rítmico, o psiconauta Alexandre Matias e seus cientistas cúmplices no instituto Noites Trabalho Sujo, o neuro-antropólogo Danilo Cabral e o astrofilósofo Luiz Pattoli conjuram pequenas viagens psicodelicas concentradas em registros fonográficos de diferentes eras da história recente para solidificar a sensação do prazer em uma densa nuvem de som e calor. No outro ambiente do mesmo experimento, o conluio xamânico provocado pelas feiticeiras transnacionais do processo de ambientação deslocada chamado Almost Locals realiza uma manifestação pró-progesterona invocando apenas entidades femininas na sessão ministrada pela sacerdotisaSarah Sioli e a maga Tatiana Contreiras, que ainda convidaram a fada Liv Brandão para um ritual transformador. Em seguida, o cientista gnóstico Carlos Costas parte do rescaldo energético formado para reconstrui-lo usando ondas sintéticas superposta à metalinguagem cifrada em sígilos sonoros, recriando seu próprio centro de pesquisas, o Quarto/Fresta, em nossa instalação. O transe intraespacial começa a partir das 23h45 e a presença dos voluntários ao êxtase coletivo é requerida através do endereço eletrônico noitestrabalhosujo@gmail.com, caso contrário não é possível permitir sua participação. Abra-se.

Noites Trabalho Sujo @ Trackers
Sabado, 8 de abril de 2017
A partir das 23h45
No som: Alexandre Matias, Luiz Pattoli e Danilo Cabral (Noites Trabalho Sujo), Carlos Costa (Quarto/Fresta) e Sarah Sioli e Tati Contreiras (Almost Locals) apresentando Liv Brandão
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 35 só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Os cem primeiros a chegar pagam apenas R$ 25. O preço da entrada deve ser pago em dinheiro, toda a consumação na casa é feita com cartões. Chegue cedo para evitar filas.

Noites Trabalho Sujo | 18.3.2017: como foi

Noites Trabalho Sujo | 18.3.2017

NTS_marco2017_poster

Em tempos de aquecimento global, vamos evitar o esfriamento espiritual. Enquanto a pele e a superfície do planeta vão esquentando e suando às bicas, almas, mentes e corações vão tornando-se mais frios, distantes e vazios, em busca de um sentido para a própria existência e dos seres em que habitam. A uniformidade inóqua e a polarização cinzenta de um pensamento robótico e maquíneo avesso à natureza animal do ser humano aos poucos calcificam emoções, sentimentos e sensações, mesmo que a temperatura exterior amoleça moleiras e moléstias. Mais do que nunca, às vésperas de mais uma mudança de estação, é preciso aprofundar-se na infinitude do eu em busca da chama da vida, o sol interior que propulsiona a translação e a rotação da consciência de cada indivíduo e que conecta-o com seus pares em um transe psicoativo febril. Por isso, horas antes da entrada no outono do hemisfério sul, mais uma celebração em laboratório acontece no pilar de paredes de concreto localizado em uma esquina da Avenida São João da grande megalópole do sul latino, rede de neurônios que habita o períneo entre os baixos instintos e as altas aspirações. Em um dos auditórios, o psicoexplorador Alexandre Matias, o pesquisador sócio-quântico Luiz Pattoli e o acelerador de partículas Danilo Cabral se reúnem numa discussão que levanta registros sonoros de épocas e locais diferentes, contrapondo narrativas para extrair o êxtase coletivo em mais uma apresentação da comitiva científica Noites Trabalho Sujo. No outro lado do mesmo andar, a dupla de colisores de prótons Roots Rock Revolution, formada pelo maximizador de efeitos Mexicano e o antropólogo psíquico Fabio Smieli, cruzam frequências e ondas sônicas em explosões de libido e catarse. O trânsito entre estes dois ambientes requer o envio do nome do voluntário – e seus possíveis convidados – para o endereço eletrônico noitestrabalhosujo@gmail.com até às 18h do dia do experimento. E tenho dito.

Noites Trabalho Sujo @ Trackers
Sabado, 18 de março de 2017
A partir das 23h45
No som: Alexandre Matias, Luiz Pattoli e Danilo Cabral (Noites Trabalho Sujo); Mexicano e Fabio Smieli (Roots Rock Revolution)
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 35 só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Os cem primeiros a chegar pagam apenas R$ 25. O preço da entrada deve ser pago em dinheiro, toda a consumação na casa é feita com cartões. Chegue cedo para evitar filas.

Carnaval Noites Trabalho Sujo | 28.2.2017: como foi

Noites Trabalho Sujo | 28.2.2017 | Baile de Carnaval

NTS_28022017-carnaval

Todo ano fazemos questão de encerrar as folias mominas com nosso já tradicional encontro dançante mascarado realizado na antena de concreto armada em frente ao Largo do Paysandú, no coração da maior cidade da América do Sul. A quantidade de energias positivas que exalam das pessoas nestes no mínimo quatro dias de celebração permite que nosso experimento de catalização de energias orgônicas antija picos de carga elétricas que fluem de sonoridades essencialmente acústicas a extremos intrinsincamente sintéticos. Entre o natural e o artificial criamos a já conhecida argumentação dialética bipolar entre os dois núcleos de pesquisa auditiva – o laboratório Noites Trabalho Sujo e o conservatório Veneno Soundsystem – que permite que nossos pesquisadores possam se aprofundar na dicotomia de pesos e de realidades adversas – o plano e o curvo, o reto e o torto, o equilibrado e o desequilibrado. De um lado o pesquisador-sênior Alexandre Matias, o explorador-chefe Danilo Cabral e o físico-navegador Luiz Pattoli movem átomos através de cliques, ondas térmicas com vibrações plásticas, cérebros e quadris à base da repetição, enquanto do outro o maestro Maurício Fleury, o produtor Ronaldo Evangelista e o selecta Peba Tropikal cultuam sulcos, riscos, o tato, o toque e o calor vintage para chacoalhar auras e decifrar intimidades. O auditório azul conta com a presença da celebrada expert Giuliana Viscardi, que abre a apresentação dissecando sentimentos com precisão cirúrgica. A presença nesta celebração bíblica pressupõe o uso de trajes carnavalescos e a sua metamorfose em outra persona. Outra obrigatoriedade é o envio de nomes para o endereço eletrônico noitestrabalhosujo@gmail.com – caso contrário não há como garantir a entrada para assistir ao fim do carnaval de 2017 da melhor maneira. Essa é a vibração…

Noites Trabalho Sujo @ TrackersBaile de Carnaval à Fantasia
Terça, 28 de fevereiro de 2017
A partir das 23h45
No som: Alexandre, Danilo Cabral e Luiz Pattoli (Noites Trabalho Sujo), Maurício Fleury, Peba Tropikal e Ronaldo Evangelista (Veneno Soundsystem) e Giuliana Viscardi.
Trackers: R. Dom José de Barros, 337, Centro, São Paulo
Entrada: R$ 35 só com nome na lista pelo email noitestrabalhosujo@gmail.com. Os cem primeiros a chegar pagam apenas R$ 25. O preço da entrada deve ser pago em dinheiro, toda a consumação na casa é feita com cartões. Chegue cedo para evitar filas.

Noites Trabalho Sujo | 11.02.2017: como foi