Maldito frio

Maior secura aí cai essa chuva e esfria tudo de novo: quando esse maldito inverno vai embora?

São Paulo à noite

Esse site reuniu algumas imagens aéreas tiradas de noite por cima de grandes cidades do mundo. São Paulo é assim.

Dica da Jess.

QUE FRIO MALDITO DO INFERNO

Queima, sol!

Beirut no Brasil

É, pelo jeito o Beirut vem pro Brasil esse ano, parece que não é só especulação. Pelo menos foi isso que o próprio Zach Condon disse pra Julia Petit – que virão no segundo semestre e passam pelo Rio, São Paulo e Recife.

Confirmado: Cat Power no Brasil em 2009

Dia 18 de julho de 2009, na Via Funchal.

E por falar em “Sampa”…

A Folha, a Veja, o Fasano, a Daslu, a Sala São Paulo, o Museu da Língua Portuguesa – tudo isso faz pensar em quanto Sampa é influente e interessante. O Oficina, Os Titãs, Os Racionais, a poesia concreta, o Hurtmold, o Nouvelle Cuisine, Céu, Tiê, Mariana Aidar, mil coisas fazem pensar que Sampa hoje é, como dizia John Lennon sobre Nova Iorque, “where it’s at”.

Caetano discorre sobre o papel central de São Paulo ma cultura brasileira. A foto é do post do Michael Azerrad, o autor de Our Band Could Be Your Life, sobre a cidade, em que ele diz:

It’s modern primitive here — modern enough, for instance, for everyone to have cars and pollute the air and water on a grand scale, but primitive enough that they don’t have the funds, diligence or will to clean it up, much less build a comprehensive mass transit system. (They do, however, use alcohol-based fuel.) No wonder that a horrible brown haze, visible within 200 yards, constantly enveloped the city. The mind-boggling thing is, there are São Paulos all over the planet: ever-spreading behemoths like Beijing, Cairo, Mexico City, Calcutta, Jakarta, Los Angeles, Karachi, Manila, and on and on. I have seen the future, and it is São Paulo.

São Paulo, 40 graus

Não é mole, não…

O que aconteceu com o lago do Parque da Aclimação

Se quando saí de Brasília para Campinas, Campinas funcionou como uma antessala mais tranqüila (que aos poucos foi deixando de ser) para entrar em São Paulo, quando vim para São Paulo quem fez o papel desta antessala foi o Parque da Aclimação. Sequer morava na cidade, mas já trabalhava todos os dias aqui, pegando cedo o ônibus cinza na Orozimbo Maia até o terminal Tietê, para enfrentar a longa linha azul até o metrô Paraíso – e de lá até o trabalho. Mas no caminho, havia o Parque da Aclimação que, até já escrevi sobre isso, me parecia ter sido a inspiração para o Castelo Rá-Tim-Bum da TV Cultura – um oásis quase mágico de natureza e tranqüilidade encravado no meio do horizonte cinza da megalópole, com seu lago plácido refletindo o verde dos arredores.

Atravessar o parque a pé dava uma sensação de calmaria e sossego que funcionava como um antídoto perfeito para o veneno do concreto paulistano, patos e cisnes caminhando na água enquanto pedestres e ciclistas circulavam o lago em forma de coração – ou do mapa do Brasil, como insistiam os mais velhos. Lembro-me perfeitamente de como chegava quase zen ao trabalho, mesmo quando vinha pensando na chuva de mísseis do Dylan (vinha ouvindo-o no discman), como aconteceu no fatídico 11 de setembro.

Nasci em Brasília, passei mais da metade da minha vida olhando um horizonte de 360 graus e por mais que consiga me adaptar ao céu cortado por prédios, à correria e ao mundo de vozes falando ao mesmo tempo, gosto do cheiro de mato, de grama, água limpa, bichos passando e gente sorrindo com pouca roupa ao sol. E foi assim que o Parque da Aclima me conquistou – a ponto de mesmo depois de mudar de emprego eu continuar freqüentando-o e, finalmente, mudar-me para ficar a apenas dois quarteirões de distância. Há pouco menos de um ano deixei o bairro rumo à Zona Oeste, mas amigos e pendências na região quase sempre me faziam rever o parque e o lago.

Foi quando:


riques

SÃO PAULO – O lago do Parque da Aclimação, na zona Sul de São Paulo, foi completamente esvaziado ontem (23), depois que a tubulação hidráulica que regula o nível de água (vertedouro) se rompeu. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Verde e Meio Ambiente. As causas do rompimento não foram esclarecidas. Toda a água do lago foi drenada e a enxurrada levou parte dos peixes e aves aquáticas, como patos, cisnes e marrecos, mantidos no local. Segundo um inspetor da Guarda Civil Metropolitana (GCM) presente ao local, frequentadores do parque socorreram alguns animais.

Bombeiros tentavam, até as 22h30, resgatar algumas aves que ficaram atoladas na lama. Os bombeiros suspenderam no fim da noite os trabalhos de resgate. A última equipe dos bombeiros deixou o parque à 1h30 de hoje. O resgate das aves será retomado após o amanhecer. Um dos bombeiros entrou no lago, mas, quando a lama chegava à altura do pescoço dele, as equipes resolveram suspender as buscas por motivo de segurança.

Cordas também foram usadas, mas não funcionaram como se esperava. O rompimento do vertedouro teria ocorrido por causa do grande volume de chuva que caiu na região ontem. A Prefeitura faz reformas na rede de esgoto do parque para despoluir o lago, mas não se sabe ainda se as obras têm relação com o rompimento da tubulação. Habitam o parque aves aquáticas como o socó-dorminhoco, martim-pescador, marrecos, gansos, patos e aves migratórias . Entre os peixes do lago, havia carpas e tilápias. Boa parte dos peixes e das aves foi levada junto com a água; parte foi resgatada pelos bombeiros e frequentadores.

Se alguém souber de alguma campanha online para ajudar o lago a se recompor, avise que eu faço questão de ajudar.

Leitura Aleatória 235


Foto: princessponti

1) 10 frases de Lula em 2008
2) Adsense do Google chega aos games
3) O mapa da coxinha em São Paulo
4) Amanhecer Violento e como os EUA viam a Rússia nos anos 80
5) Os 10 melhores merchandising feitos em filme
6) O casal de turistas mais azarado do mundo (esteve em NY 2001, Londres 2005 e Mumbai 2008)
7) Ressuscitaram a cerveja mais antiga do mundo
8) Os principais avanços tecnológicos de 2008
9) Barry Sonnenfeld vai dirigir o “Manual para Salvar o Mundo”
10) Keanu Reeves quer mesmo fazer Cowboy Bebop

Leitura Aleatória 232


Foto: psmphotography – Run Over by Christmas!

1) Feliz natal, Bruno (o natal e o trânsito no Rio)
2) Feliz natal, Arnaldo (festa de natal)
3) Feliz natal, Mini (Autopista de natal)
4) Feliz natal, Fred (o papai noel da Coca-Cola em Copacabana)
5) Feliz natal, Tomate (o natal como ele é)
6) Feliz natal, Dani (natal nostálgico)
7) Feliz natal, Cissa (chegando em São Paulo)
8) Feliz natal, Terron (os peitos da Amy Winehouse)
9) Feliz natal, Ronaldo (mixtape de natal)
10) Feliz natal, Bressane (retrospectiva 2008)