On the run #168: A Home Away from Home

A-Home-Away-From-Home

Que mixtape maravilhosa essa A Home Away from Home, selecionada pelo jornalista e DJ Allen Thayer para o sensacional blog norte-americano Aquarium Drunkard. O subtítulo da seleta, Brazilian Covers of International Pop & Rock Hits, entrega seu intuito: pinçar clássicos do pop internacional que foram regravados por artistas brasileiros. Allen não se restringe a uma época específica e mistura as versões de Caetano, Elis Regina, Rita Lee, Bossa Rio, Bola Sete e Edu Lobo pra músicas dos Beatles, passando por várias versões de Sérgio Mendes, Gal cantando Dylan, Gil revisitando Blind Faith, Nara Leão cantando Cat Stevens, Seu Jorge cantando David Bowie e pérolas como Erlon Chaves visitando Quincy Jones, Agnaldo Timóteo cantando Procol Harum, Carmindo Trio tocando Elton John, Manito tocando Blood Sweat & Tears e muito mais. No blog, ele comenta, em inglês, a escolha de cada uma das músicas. E como ele anuncia que é o volume 1, fico à espera do próximo. Dicaça da Ju, valeu <3

Studio Rio Presents with Bill Withers – “Lovely Day”
Sivuca – “Ain’t No Sunshine”
Walter Wanderley – “Just the Two of Us”
MPM Propaganda (com Erlon Chaves) – “Tatuzinho e Leite Glória”
Erlon Chaves – “I Say A Little Prayer”
Elizeth Cardoso – “Primavera (We Could Be Flying)”
Sergio Mendes & Brasil ’66 – “Scarborough Fair”
Zimbo Trio – “Bridge Over Troubled Waters”
Nara Leão – “Pai e Filho (Father & Son)”
Agnaldo Timóteo – “Esse Amor Que Eu Não Queria (A Whiter Shade of Pale)”
Seu Jorge – “Rebel Rebel”
Gimmicks – “It’s Too Late”
Gal Costa – “Negro Amor (It’s All Over Now, Baby Blue)”
Leno e Lilian – “Dias Iguais (Day After Day)”
Salinas – “Atlantis”
Caetano Veloso – “Medley: Nega Maluca/Billie Jean/Eleanor Rigby”
Bola Sete – “Polythene Pam/She Came In Through The Bathroom Window”
Elis Regina – “Golden Slumbers”
Bossa Rio – “Blackbird”
Sergio Mendes & Brasil ’65 – “All My Loving”
Caetano Veloso – “For No One”
Rita Lee – “And I Love Him”
Sergio Mendes & Brasil ’66 – “With a Little Help From My Friends” (1968)
Edu Lobo – “Hey Jude”
Sergio Mendes & Brasil ’66 – “Chelsea Morning”
Astrud Gilberto – “Beginnings”
Sergio Mendes & Brasil ’66 – “For What It’s Worth”
Manito – “You’ve Made Me So Very Happy”
The Gentlemen – “Não Sei Quem Sou (Baby, I’m – A Want You)”
Carmindo Trio – “Goodbye Yellow Brick Road”
Gilberto Gil – Can’t Find My Way Home

Vida Fodona #642: Festa-Solo (18.5.2020)

vf642

Este programa foi gravado ao vivo na segunda passada.

Rita Lee & Tutti Fruti – “O Toque”
Mangalarga – “A Merda Que Você Fez”
Stevie Wonder – “I Wish”
Funkadelic – “One Nation Under a Groove”
BNegão & Os Seletores de Frequência – “V.V.”
De Leve – “Eu Rimo na Direita”
Lorde – “Royals”
Joy Division – “She’s Lost Control”
Pere Ubu – “Navvy”
Gang of Four – “Damaged Goods”
Plebe Rude – “A Minha Renda”
Devo – “Whip It”
Talking Heads – “Cities”
David Bowie – “Let’s Dance”
Christina Aguillera – “Genie In a Bottle”
Shaggy – “It Wasn’t Me”
TLC – “Waterfalls”
Nelly Furtado + Timbaland – “Promiscuous”
Hot Chip – “Ready For The Floor”
Tame Impala – “Let It Happen (Soulwax Remix)”
Sarah Love – “Lets Get Physical”
Dua Lipa – “Break My Heart”
Daft Punk + Giorgio Moroder – “Giorgio by Moroder”
Sade – “Paradise”
Letrux + Lovefoxx- “Fora da Foda”
Portishead – “All Mine”
Rihanna – “Kiss It Better”

Vida Fodona #641: Um filhote do Vida Fodona

vf641

Ao vivo, com hora marcada: nesta segunda, às 21h – lá no twitch.tv/trabalhosujo.

Chromatics – “You’re No Good”
Mamhundi – “Outono”
Tulipa Ruiz – “Pedrinho”
N*E*R*D + Rihanna – “Lemon”
Childish Gambino + Ariana Grande – “Time”
Happy Mondays – “Step On”
David Bowie – “Sound and Vision”
Taylor Swift – “Out of the Woods”
Kate Bush – “Running Up the Hill”
Phoenix – “If I Ever Feel Better”
Metronomy – “I’m Aquarius”
New Young Pony Club – “Ice Cream”
Nicolas Jaar – “Mi Mujer”
Cassiano – “Onda (Poolside + Fatnotronic Remix)”
O’Jays – “Back Stabbers”
Evinha – “Esperar pra Ver”
Gal Costa – “Meu Bem Meu Mal”
Pepeu Gomes – “Sexy Iemanjá”
Rita Lee – “Jardins Da Babilônia”
Lionrock – “Rude Boy Rock”
Scientist – “African Daughter Dub”
Nação Zumbi – “Nebulosa”
Lauryn Hill – “Doo Wop (That Thing)”
Klaxons – “No Diggity”
T. Rex – “Bang A Gong (Get It On)”
Sublime – “Smoke Two Joints”
Aloe Blacc – “I Need A Dollar”

Rita Lee vai muito bem, obrigado

rita-lee-saude

Nossa Senhora do Rock Brasileiro deu notícias neste sábado de aleluia: Rita Lee, que cada vez tem se tornado mais reclusa, usou seu Instagram para dar uma mensagem de otimismo e pra mostrar que, apesar de tudo, ela está ótima, cantando a clássica “Saúde” acompanhada do marido Roberto de Carvalho.

“Enquanto estou viva e cheia de graça, talvez ainda faça um monte de gente feliz” – esse “talvez” é pura modéstia, diz aí…

Vida Fodona #622: Astral tranquilo

vf622

Domingo de sol.

Tame Impala – “Breath Deeper”
La Roux – “Automatic Driver”
Letrux – “Saúde”
Billie Eilish – “All the Good Girls Go to Hell”
Scott Walker – “The Old Man’s Back Again (Dedicated to the Neo-Stalinist Regime)”
Otto – “Soprei”
Kassin + 2 – “Tranquilo”
Jupiter Apple – “Welcome to the Shade”
Stereolab – “Spark Plug”
Chico Science + Nação Zumbi – “O Encontro de Isaac Asimov com Santos Dumont no Céu”
Spoon – “My Little Japanese Cigarette Case”
Holy Ghost – “Wait and See”
Fellini – “Chico Buarque Song”
Memory Tapes – “Green Light”
Céu – “A Nave Vai”
Rihanna – “James Joint”
Cure – “Meathook”
Red Hot Chili Peppers – “Apache Rose Peacock”

Vida Fodona #619: Só música brasileira

vf619

No clima da primeira edição das Noites Trabalho Sujo no Cine Joia.

Rita Lee – “Agora é Moda”
Secos & Molhados – “Sangue Latino”
Tulipa Ruiz – “Às Vezes”
Mano Brown + Seu Jorge + Don Pixote – “Dance, Dance, Dance”
Flora Matos – “Igual Manteiga”
Letrux – “Coisa Banho de Mar”
Boogarins – “Benzin”
Bárbara Eugenia + Rafael Castro – “Te Atazanar”
Erasmo Carlos – “Jeep”
Maria Bethânia – “Festa”
Eduardo Araújo – “Kizumbau”
Marcelo D2 – “A Maldição do Samba”
Antonio Carlos & Jocafi – “Simbarerê”
Elis Regina – “Bala com Bala”
A Cor do Som – “Razão”
Sabotage – “Rap é Compromisso”
Tim Maia – “Márcio Leonardo & Telmo”
Metá Metá – “Corpo Vão”

Vida Fodona #606: Na torcida pra que o sol saia

vf606

Grandes mudanças vindo aí.

Billie Eilish – “Xanny”
Caetano Veloso – “Shoot Me Dead”
Lulina – “N”
Jonnata Doll e os Garotos Solventes – “Edifício Joelma”
Karina Buhr – “Amora”
Luisa e os Alquimistas + Catarina Dee Jah – “Sol em Câncer”
Lana Del Rey – “Doin’ Time”
Letrux – “Coisa Banho de Mar”
Glue Trip – “Closing Cycles”
Rita Lee – “Mutante”
Chemical Brothers – “The Private Psychedelic Reel”
N*E*R*D – “Things Are Getting Better”
Tyler the Creator – “I Think”
Nill – “Embalagens”
Céu – “Forçar o Verão”
Blood Orange – “Charcoal Baby”/”Vulture Baby”

Vida Fodona #586: Rita Lee tamo junto

vf586

Sem baixar a cabeça.

Jards Macalé – “Limite”
Rita Lee – “Ando Jururu”
Scott Walker – “The Seventh Seal”
Thiago Pethit – “Mal dos Trópicos”
Tantão e Os Fita – “O Sinistro”
Rakta – “Flor da Pele”
Baggios + BaianaSystem – “Deserto”
Francisco El Hombre – “Chão Teto Parede”
Teto Preto – “Gasolina Aditivada”
Against All Logic – “Some Kind of Game”
Drake – “Nice for What”
N*E*R*D – “Things Are Getting Better”
Rodrigo Campos – “Joguei o Jogo”
Paul McCartney – “Man We Was Lonely”
Mopho – “Uma Leitura Mineral Incrível”

O’Seis: A pré-história dos Mutantes em vinil

oseis-

Pedra fundamental na história do rock brasileiro, o compacto de estreia do sexteto paulistano O’Seis finalmente ressurge em vinil, como cortesia da gravadora inglesa Mr. Bongo, que já reeditou vários clássicos de nossa música em LPs (o disco de estreia do Verocai, o Krishnanda de Pedro Santos, o Brazilian Octopus e a lista segue…). O’Seis era o embrião do mágico trio que funcionou como motor elétrico da Tropicália e explorou os limites do então jovem rock brasileiro – os Mutantes de Arnaldo Baptista, Sérgio Dias e Rita Lee. Os outros três – Raphael Vilardi, Maria “Mogguy” Malheiros e Luiz Pastura – fizeram parte apenas desta formação pré-histórica (embora Raphael seja coautor de um clássico dos Mutantes, “Não Vá Se Perder Por Aí”).

Composto por duas faixas “Suicida” no lado A e “Apocalipse” no lado B, o compacto é bem mais melancólico do que se espera de um registro dos Mutantes e pode ser comprado no site da gravadora. Vi no site da Noize.

O livro de contos de Rita Lee

dropz

A mãe do pop brasileiro segue desbravando o mundo impresso e depois de sua autobiografia ela anuncia o lançamento de seu primeiro livro de contos, Dropz, que teve sua capa, feita pela própria Rita, publicada no jornal O Globo. O livro deverá ser lançado no mês que vem.