Lóki country

tom-hiddleston-hank-williams

Tom Hiddleston vai além dos filmes de super-herói e encarna Hank Williams, o pai da música country. Postei o trailer lá no meu blog no UOL.

Mais um filme sobre Steve Jobs?

jobs-fassbender

Danny Boyle, Michael Fassbender e Aaron Sorkin unem forças para contar a história de um dos heróis desta nova era digital: um executivo de uma empresa de computadores cuja marca transformou-se quase em uma religião. Comentei sobre Steve Jobs lá no meu blog do UOL http://matias.blogosfera.uol.com.br/2015/05/27/mais-um-mito-sendo-forjado-nos-cinemas-steve-jobs/

Michael Fassbender será Steve Jobs

jobs-

Mais novidades da adaptação da biografia que Walter Isaacson fez de Steve Jobs para o cinema. Depois de David Fincher e Christian Bale largarem a direção e o papel principal do filme, quem assumiu estas funções foram o diretor Danny Boyle e o ator Michael Fassbender, que já estaria vivendo o papel do criador da Apple segundo o Daily Mail, que descolou essa foto:

fassbender-jobs

O filme será roteirizado por Aaron Sorkin (do Newsroom) e ainda terá Seth Rogen e Kate Winslet no elenco.

NWA 2015: o filme

nwa-2015

Ice Cube e Dr. Dre se reuniram novamente para produzir um filme que contasse a história do grupo que fundaram e que virou a história do rap do avesso – e assim o NWA vai pro cinema. Cube é representado pelo próprio filho e o filme, batizado com o mesmo nome de seu clássico e emblemático disco, Straight Outta Compton, é dirigido pelo mesmo F. Gary Gray que tomou conta de outro clássico gangsta, o hilário Friday. Nesta semana, Cube mostrou em primeira mão o trailer do novo filme em um show na Austrália – e ainda bem que tinha um fã com um celular para gravar a pérola.

Cube esteve no ano passado no programa de Jimmy Kimmel falando sobre o filme sobre o punk do hip hop:

E é facinho desse filme lançar uma nova era gangsta – sem contar o fato de servir de inspiração para projetos do tipo. Alô Racionais!

Paul Dano é Brian Wilson

Love-and-Mercy

Love & Mercy é a cinebiografia que faltava do líder dos Beach Boys, Brian Wilson, e o Paul Dano, que faz o Brian ainda novo, tá igualzinho. Quem faz o papel do Brian Wilson velho é o John Cusack e o filme deve estrear no final do ano lá fora (por aqui, se vier, só ano que vem).

Benedict Cumberbatch é Alan Turing

imitation-game

E o processo de reabilitação da reputação oficial de Alan Turing está começando bem. Ao escalar nosso amigo Benedict Cumberbatch (o Sherlock) para atuar como o pai da computação moderna, o filme The Imitation Game já marca pontos de saída rumo à canonização de um dos dois ingleses a importar na história do mundo digital (o outro é o Sir Tim Berners-Lee). Turing é mais conhecido pelo teste que leva seu nome, feito para reconhecer se um computador pode se passar por um ser humano em um diálogo), mas tornou-se um personagem histórico ao ajudar os aliados a ganhar a Segunda Guerra Mundial quando decifrou o Código Enigma, usado pela Alemanha nazista para comunicações secretas.

Seus feitos matemáticos e estudos sobre inteligência artificial serviram como base para a computação moderna (além de ter criado a primeira versão eletrônica para o jogo de xadrez), mas ele nunca foi reconhecido como tal em vida pois suas realizações foram classificadas como sigilosas. Em 1952 foi condenado por “grave indecência” nos anos 50 por um envolvimento com outro homem, mesma pena recebida por Oscar Wilde no fim do século 19. Como parte da pena, passou a ser submetido a um humilhante tratamento hormonal (para conter seu impulso sexual). Foi encontrado morto no dia 7 de junho de 1954 e alegação à época foi de suicídio, embora a hipótese de envenenamento ainda paire sobre o caso.

No ano passado, o governo inglês finalmente perdoou oficialmente o matemático e passou a celebrar sua importância, também reconhecida pelo público, que organizou um abaixo-assinado que sugeria inclui-lo como personagem da nota de 10 libras. O novo filme, mais um degrau rumo ao reconhecimento global da importância de Turing, está previsto para estrear em novembro deste ano e ainda conta com Keira Knightley, Matthew Goode e Mark Strong no elenco. Veja o trailer abaixo:

Heaven Adores You – um documentário sobre Elliot Smith

elliot-smith

Elliot Smith, que morreu há onze anos, é o assunto do documentário Heaven Adores You, financiado via crowdfunding pelo Kickstarter e dirigido pelo norte-americano Nickolas Rossi, que passou pelas três cidades em que Smith viveu (Portland, Los Angeles e Nova York) coletando depoimentos e recriando sua trajetória. O filme aos poucos deixa a fase de festivais e chega ao grande público. Abaixo segue o trecho inicial do filme, quando o compositor, um dos mais influentes para toda uma geração indie norte-americana, fala em uma entrevista a uma emissora holandesa sobre tocar na cerimônia do Oscar de 1998, quando sua “Miss Misery” foi indicada ao prêmio de melhor canção do ano devido ao filme Gênio Indomável: “Eu sou a pessoa errada para ser verdadeiramente grande e famoso”, diz, sem jeito, “foi divertido por um dia, mas eu não sei se seria divertido viver naquele mundo.”

Que tal o Andre 3000 como Jimi Hendrix?

andre-3000-jimi-hendrix

Dizem que esse All Is By My Side, cinebiografia sobre o Jimi Hendrix escrita e dirigida pelo roteirista vencedor do Oscar desse John Ridley (por 12 Anos de Escravidão) é uma bomba (daqueles filmes com falas do tipo “ele um dia será um astro do rock”), mas não dá para negar que o Andre 3000 do Outkast – que aos poucos vêm se revelando ótimo ator – está igualzinho o Jimi, olhaê:

Um filme sobre a vida de James Brown

james-brown-get-on-up

O pai da soul music finalmente ganhará uma biografia em filme. Get On Up conta a história de James Brown a partir do show que ele fez ao sair da cadeia em 1993, em que ele aproveitou para contar sua biografia no palco. Dirigido por Tate Taylor (que fez o The Help), o filme conta com Chadwick Boseman no papel principal que, dizem, vai quebrar a quarta parede como o Frank Underwood de Kevin Spacey em House of Cards para conversar com o público. Apesar disso, o trailer promete: